Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Brasileiros solicitam visto E2 para empreender nos Estados Unidos



De acordo com Daniel Toledo, advogado especialista em Direito Internacional, a modalidade traz poucas restrições para quem quer investir no país

É cada vez mais comum que brasileiros tenham vontade de empreender nos Estados Unidos, com o intuito de maximizar os ganhos através da política financeira oferecida pelo país.

Contando com um custo para o processo de aquisição de 150 mil dólares, o visto E2 é o mais procurado nesse momento, pois permite empreender nos EUA através de um negócio próprio ou até mesmo franquias. A modalidade possibilita residência permanente nos Estados Unidos desde que o proprietário siga o plano de negócio apresentado durante o processo de imigração, como receita, pagamento de impostos e geração de empregos.

Para Daniel Toledo, advogado que atua na área do Direito Internacional, fundador da Toledo e Associados e sócio do LeeToledo PLLC, escritório de advocacia internacional com unidades no Brasil e nos Estados Unidos, é necessário ter cautela e buscar conhecimento antes de realizar a solicitação do visto. “No caso de um estúdio de pilates, por exemplo, é preciso ter uma licença para trabalhar como instrutor. Se você atua nesse setor no Brasil e tem o desejo de empreender nos EUA, o primeiro passo é ir em busca dessa permissão para operar tranquilamente seu negócio”, relata.

De acordo com o especialista em Direito Internacional, existem caminhos menos conturbados ao abrir uma empresa neste segmento. “A contratação de profissionais já licenciados pode ser a melhor alternativa, enquanto o empreendedor fica apenas na parte administrativa do negócio. Nesse período, o empresário pode buscar a licenciatura para atuar enquanto a empresa já opera normalmente”, pontua.

O advogado revela que existem poucas restrições para a aplicação de vistos E2, que abrange diversos setores da indústria. “Eu auxiliei pessoalmente em vários projetos que muitos acreditavam que nunca seriam aprovados, e hoje eles estão operando e obtendo lucros em dólar dentro dos Estados Unidos. Portanto, com um plano de negócio robusto e o valor de investimento necessário em mãos, é possível sim empreender no país e até com certa facilidade, desde que você conte com a ajuda de um especialista”, finaliza.

Sobre Daniel Toledo

Daniel Toledo é advogado da Toledo e Advogados Associados especializado em Direito Internacional, consultor de negócios internacionais, palestrante e sócio da LeeToledo PLLC. Para mais informações, acesse: http://www.toledoeassociados.com.br. Toledo também possui um canal no YouTube com quase 150 mil seguidores https://www.youtube.com/danieltoledoeassociados com dicas para quem deseja morar, trabalhar ou empreender internacionalmente. Ele também é membro efetivo da Comissão de Relações Internacionais da OAB Santos.

Sobre o escritório

O escritório Toledo e Advogados Associados é especializado em direito internacional, imigração, investimentos e negócios internacionais. Atua há quase 20 anos com foco na orientação de indivíduos e empresas em seus processos. Cada caso é analisado em detalhes, e elaborado de forma eficaz, através de um time de profissionais especializados. Para melhor atender aos clientes, a empresa disponibiliza unidades em São Paulo, Santos e Houston. A equipe é composta por advogados, parceiros internacionais, economistas e contadores no Brasil, Estados Unidos e Portugal que ajudam a alcançar o objetivo dos clientes atendidos. Para mais informações, acesse: http://www.toledoeassociados.com.br ou entre em contato por e-mail contato@toledoeassociados.com.br.

Postar um comentário

0 Comentários