Propaganda

Últimas Notícias

O sonho virou realidade?! Xiaomi inaugura sua primeira loja física no Brasil com preços altos


Depois de um longo período lotado de especulações, a Xiaomi finalmente oficializou o seu retorno ao Brasil em um evento no último dia 21 de maio. Nesse, assim como você acompanhou junto com a gente aqui no TudoCelular, a companhia revelou alguns detalhes da sua volta ao país, incluindo qual seria o seu catálogo de comercialização e uma data para abertura da sua primeira loja em solo nacional. Agora, podemos dizer que chegou o grande dia! Fomos convidados pela empresa para conferir, na manhã de hoje – dia 01 de junho, todos os detalhes da loja brasileira da marca em um evento prévio ao horário de abertura para o público geral. 


Trazemos para vocês, a seguir, todos os detalhes do novo estabelecimento, da experiência aos preços! Para quem já esteve em uma loja da gigante chinesa fora do país, o novo ponto da marca localizado dentro do Shopping Ibirapuera, em São Paulo, não decepciona. Ele segue o padrão minimalista da empresa, trazendo longos balcões de exposição dos produtos dispostos em um espaço relativamente amplo. Um logotipo brilhante da companhia pode ser visto no topo da loja. E por falar nos produtos, a Xiaomi não estava de brincadeira quando afirmou que traria uma boa parte do seu catálogo para cá! Tudo o que relatamos ao longo das últimas semanas é uma realidade e vemos nos balcões não apenas alguns dos smartphones da companhia, como o Mi 9, o Pocophone F1 e o Redmi Note 7, mas também outros artigos, como o patinete, as luzes inteligentes e até mesmo o aspirador de pó fabricado pela empresa. Ou seja, um prato cheio para os fãs da marca! 

Mas, se as notícias são boas com relação a variedade de produtos, o mesmo não pode ser dito sobre os preços. Apesar da promoção de inauguração, que venderá 100 unidades do Mi 9 e 300 unidades do Redmi Note 7 por R$ 2.799 e R$ 1.299, respectivamente, esses valores passam muito longe dos que serão praticados normalmente em solo nacional. Na verdade, no caso do topo de linha, essa distância significa cerca R$ 1.200 – quantia relativamente expressiva para a grande maioria. Quanto ao resto dos produtos, temos uma confirmação dos valores vistos ontem na nossa matéria investigativa de primeira mão. Condizendo com o que é visto nos smartphones, a Xiaomi traz os mais variados artigos sendo comercializados por preços muito superiores aos vistos no exterior – algo que já era esperado levando em consideração os altos impostos brasileiros e o custo de operação da marca por aqui. 

Como pode ser visto nas prateleiras, a Mi Box S chega para o consumidor final por R$ 650, enquanto a Mi Band 3, o Amazfit Bip e o Pace são precificados em R$ 200, R$ 700 e R$ 1300, respectivamente. Ao mesmo tempo, a Mi LED Smart Bulb – lâmpada inteligente – pode ser encontrada por R$ 179 e o guarda-chuva da companhia chinesa, o Mi Automatic Umbrella, por R$ 200. Para quem está disposto a pagar mais, o patinete, o robô aspirador de pó e o projetor a laser também já podem ser encontrados por R$ 4.000, R$ 3.000 e R$ 20.000, nessa ordem.

App Google Notícias / Tudo Celular

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.