quarta-feira, 19 de abril de 2017

Veja como saber se o sal do Himalaia é verdadeiro ou falsificado



O sal do Himalaia é famoso pelos seus maravilhosos benefícios. Além de ser integral, riquíssimo em minerais, esse ingrediente pode:

- Auxiliar na saúde vascular;
- Ajudar na função respiratória;
- Promover o equilíbrio do pH estável dentro das células
- Reduzir os sinais de envelhecimento

Há muitas outras vantagens em consumir o sal rosa, mas a maior questão desta matéria é alertar sofre a falsificação, que está cada vez maior no Brasil. Você acredita que estão falsificando o sal do Himalaia? Isso mesmo! Como se trata de um dos melhores sais do mundo, o preço é, de fato, “salgado”. Um quilo de sal do Himalaia pode chegar a custar até R$ 100,00. Mas quem consome um quilo de sai num mês?Considere também que esse sal salga duas vezes mais do que o refinado. Portanto, vale a pena! Para saber se o que você comprou é o sal do Himalaia verdadeiro, faça os seguintes testes:

1. Observe o preço: se tiver muito barato, desconfie.

2. Observe o tipo de cristal: o sal verdadeiro costuma ser mais sequinho, pois é extraído de minas secas.
3. Observe a cor: o verdadeiro sal do Himalaia é mais clarinho do que o falsificado.
O teste infalível para comparar os sal verdadeiro do falso é colocar cada um num copo com água.

Feito isso, mexa bem com a ajuda de uma colher. Se o seu sal for falso, ele vai deixar o copo de água bastante escuro, um pouco avermelhado. Por outro lado, se for verdadeiro, a água vai continuar branca.

O que acontece é que pegam o sal marinho e colocam corante, para enganar as pessoas. Ah, também é bom destacarmos uma polêmica em especial que criam em torno do sal do Himalaia: o flúor. Todos nós sabemos que o flúor faz mal à saúde. No entanto, a presença dele no sal rosinha é muito pequena, insignificante. Para que ele passe a fazer mal, é preciso consumir uma quantidade absurda, o que é humanamente impossível. Só quem provou sabe o quanto o sal do Himalaia é realmente mais salgado do que o tradicional. E, por isso, usa-se uma menor quantidade para salgar os pratos.

PESQUISADOR ESCLARECE A POLÊMICA DO FLÚOR NO SAL DO HIMALAIA


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar

Siga-nos por E-mail

Blog afiliado AblogPE



Este blog é afiliado a AblogPE

Este Blog é livre de CO²

ecologicamente correto

Tradutor

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified

Campanha LBV

Eu ajudo a mudar!

Nosso QR Código


Baixe um aplicativo de leitor QR Code e aponte seu celular nesta imagem para levar o COISAS DA VIDA sempre com você

Em Cartaz

Nosso Picasa

Noticias de Limoeiro e Região

Seguidores

Seguir nas Redes Siciais

Total de visualizações de página

Page Rank

PageRank


Arquivos do Blog

Anuncie Aqui

Oficina do Gordo da Bicicleta!
-----------------------------------------
Galpão das Artes
-----------------------------------------
Evolution Net!
-----------------------------------------
Horta Fruta
-----------------------------------------
Queiroz e Silva Consultoria Contável
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!

Postagens populares

Classificação recomendada

 Classificação indicativa 14 anos
Este Blog tem a classificação etária de 14 anos por conter em seu conteúdo alguma informação impropria para menores de 14. Nossa equipe não se responsabiliza por eventuais uso das noticias aqui veiculadas pelos menores.

Teste sua conexão

Que tal testar sua conexão de internet? Será que estão lhe oferecendo mesmo o pacote contratado? Faça o teste e descubra o resultado