Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Como uma mulher está transformando a realidade financeira de negócios femininos?



Raquel Santos é fundadora do iDelas, plataforma de gestão financeira exclusiva a mulheres

Ter uma mulher à frente de um negócio de sucesso? Há alguns anos, essa possibilidade poderia ser impensável no mercado de trabalho – afinal, a liderança de grandes companhias era delegada a responsabilidades majoritariamente masculinas. Mas hoje, com a chegada da pandemia e o crescente número de desempregos, as mulheres estão, cada vez mais, tomando espaço como protagonistas de seus empreendimentos.

O Brasil soma mais de 30 milhões de mulheres empreendedoras, segundo dados do Global Entrepreneurship Monitor. Estamos presenciando uma verdadeira transformação da realidade financeira dos negócios – mas, ainda marcada por diversos empecilhos. Na missão de estimular este protagonismo, nasce a iDelas, plataforma de gestão exclusiva para mulheres, desenvolvida por Raquel Santos.

Confira a entrevista:

Quem é Raquel Santos?

Sou uma personagem ativa da transformação do mercado de empreendedorismo feminino. Mesmo com minha formação em administração de empresas e um MBA em controladoria, enfrentei sérios desafios na gestão de finanças quando iniciei minha jornada como uma pequena empreendedora.

Encontrei muitas dúvidas sobre gestão financeira que não eram respondidas no método “tradicional” – principalmente, o valor exato de dinheiro necessário para manter meu negócio saudável e que sobrevivesse por um longo período. São questões importantes para qualquer empreendimento e, que enxerguei potencial para serem simplificadas praticamente.

Como foi sua jornada como empreendedora?

Em 2011, dei meu primeiro “sim” para a vida empreendedora, ao adquirir uma empresa de tecnologia junto a meu irmão. Na época, iniciei meu trabalho na área administrativa financeira. Foi neste momento que, pela primeira vez, me vi responsável pelo salário de pais e mães de família e nenhuma garantia de sucesso.

Ao perceber a dificuldade da maioria dos pequenos empresários na gestão financeira, me especializei na área. Em 2020, criei uma mentoria online com todas as informações sobre como planejar financeiramente um negócio – tarefa que identifiquei falha por diversos consultores. Dentre todos meus clientes, a grande maioria era do público feminino.

Por isso, em 2021 lancei o app iDelas, uma plataforma de gestão exclusiva para empresas lideradas por empreendedoras. O diferencial do sistema está, justamente, no acompanhamento de todo o fluxo financeiro do negócio, ajudando a entenderem se estão com uma precificação adequada, se o faturamento está no caminho certo para atingir seus objetivos e, se as metas de vendas estão ideais para garantir o crescimento da empresa. Todas essas respostas virão de uma inteligência artificial, auxiliando desde empreendedoras que estão começando seu negócio, quanto as que já empreendem há muitos anos.

Qual foi sua maior inspiração?

Uma obra em especial me marcou: O Momento de Voar, de Melinda Gates. O livro ressaltava sociedades que prosperaram ao darem voz às mulheres. Foi uma realidade incrível que, me inspirou a fazer o mesmo. Me abriu os olhos para ajudar as mulheres a cuidarem de suas finanças, de forma que pudessem viver em um país com menos violência doméstica e, em busca da devida igualdade social que merecemos.

Quais foram os principais desafios encontrados nesse processo?

Algumas crenças limitantes impostas pela sociedade foram, sem dúvidas, alguns dos maiores desafios. Até hoje, a gestão financeira é considerada por muitos como uma responsabilidade masculina – delegada por diversas empreendedoras para seus pais, irmãos ou homens de confiança mais próximos.

Muitas se sentem inseguras a tomar as rédeas do controle financeiro e, lidar com alto volume de números extremamente importantes para a saúde financeira do negócio. Mas, minha missão é mostrar que as mulheres possuem habilidades, qualificações e preparo para desempenhar essa atividade.

Como você enxerga o mercado de empreendedorismo feminino, atualmente?

Presenciamos um aumento significativo na pandemia, impulsionado pela necessidade de sobrevivência em decorrência dos altos índices de desemprego. As mulheres são cerca de 48% do mercado empreendedor, de acordo com a Rede Mulher Empreendedora. Em 2020, tivemos um aumento de 40% nessa presença.

Por isso, precisamos de soluções que permitam com que elas gerenciem seus negócios sem o risco de que fechem em menos de cinco anos, com foco em construir boa saúde financeira para a prosperidade da empresa.

Quais são suas maiores metas?

À longo prazo, meu principal objetivo é de que, até 2040, nenhuma empresa feche pela falta de conhecimento e prática de gestão financeira. Por isso, busquei criar um método de gerenciamento conjunto com o iDelas e, meu novo canal no YouTube, onde compartilho dicas de gestão financeira.

Todas buscamos nossa independência econômica – mas, é preciso entender que pode ser simples. Precisamos aproveitar ao máximo essa jornada, com planejamento intenso para evitar decisões precipitadas que danifiquem o fluxo de caixa.

Ser uma empreendedora é uma missão complexa, com maiores riscos do que trabalhar como CLT. Mas, é um caminho extraordinário para que alcancemos nosso destaque em um mercado predominantemente masculino, estimulando a geração de empregos e renda.

Esse é o mantra que quero levar para as profissionais, me tornando referência na gestão financeira do mercado.

 

Sobre a iDelas:

www.idelas.com.br

A iDelas é uma plataforma de gestão financeira que visa contribuir para que mulheres empreendedoras vivam seus negócios por meio de uma gestão financeira simplificada, leve, prática e divertida. Baseada em inteligência artificial, a solução proporciona os controles de entrada e saída, a precificação de produtos e serviços, a conciliação de contas e até um módulo de cobrança integrado com e-mail e WhatsApp.

Postar um comentário

0 Comentários