Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Teatro Vivo em Casa terá nova temporada de espetáculos



O Teatro Vivo em Casa, iniciativa da Vivo para apoiar artistas e incentivar a cultura, ampliando o acesso a arte durante esta pandemia, terá nova temporada de espetáculos. Serão cinco monólogos, desta vez encenados diretamente do palco do Teatro Vivo, com transmissão ao público via streaming. A primeira peça da nova programação será um solo inédito, produzido pelo Grupo Tapa, "Diálogos com os Personagens", com texto de Luigi Pirandello, interpretado pelo ator Brian Penido e direção de Eduardo Tolentino de Araujo. A apresentação será no dia 15 de agosto, às 20h. Os ingressos são gratuitos e limitados, disponíveis a partir de inscrição via plataforma @vivo.cultura, no Instagram. Clientes do programa Vivo Valoriza contam com cota especial de convites.

As cinco peças da primeira temporada tiveram um público de mais de 2 mil pessoas de diferentes regiões do país. "A procura pelos espetáculos do "Teatro Vivo em Casa" nos mostrou que há um grande interesse do público pela arte nessa pandemia. Com esta nova programação, reforçamos o incentivo da Vivo à cultura, aos artistas e damos novas oportunidades para que o público possa vivenciar o melhor do teatro em casa", revela a Diretora de Imagem em Comunicação da Vivo, Marina Daineze.

Programação
A seleção de espetáculos conta com a curadoria de André Acioli e contempla, além de conteúdo diverso e de qualidade, peças que melhor se adaptam ao streaming ,para que o público possa ter a melhor experiência. Além de "Diálogos com os Personagens", estarão em cartaz "Maternagem" (22/08) com Amanda Acosta, texto e direção de André Fusko; "Teresa D’Ávila Solo" (29/08), com Ana Cecília Costa, direção de Elias Andreato e texto de Juan Mayorga; "Alice, Retrato de Mulher que Cozinha ao Fundo" (05/09), texto de Marina Corazza , interpretado por Nicole Cordery com direção de Malu Bazan; "Numa Terra Estranha" (12/09), com texto, direção e interpretação de Sidney Santiago Kunza

Vivo Cultura
A Vivo acredita na cultura como um instrumento para aproximar pessoas de diferentes realidades. Há 16 anos, apoia iniciativas ligadas ao teatro, museus e artes plásticas. Em 2019, renovou seu compromisso com a arte ao revitalizar o Teatro Vivo, em São Paulo, um espaço moderno e acessível, capaz de receber diferentes produções culturais e, de forma gratuita, mantém o projeto "Ciclo de Leituras Teatrais", que apresenta ao público parte do processo de criação e direção de um espetáculo.

A empresa apoia ainda, importantes espaços multiculturais como o Palácio das Artes, iniciativa da Fundação Clóvis Salgado, referência na produção, formação e fomento cultural em Minas Gerais, além do Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM) e do Masp.Em 2020, lançou a plataforma @vivo.cultura que consolida as iniciativas da Vivo, voltadas à arte, com o propósito de ampliar o acesso a esses conteúdos.

Sinopses dos Espetáculos

15/08, às 20h
Diálogos com os Personagens
Com Brian Penido (Grupo Tapa)
Direção: Eduardo Tolentino de Araujo
Textos: Luigi Pirandello
Classificação: 14 anos
Sinopse:
Um escritor recebe, em audiência, personagens que vem reivindicar existência. Uma fauna humana risível ou digna de pena, conforme o gosto do freguês. Esse é o tema de três contos de Pirandello, aqui compilados, que antecipam a criação de sua obra prima "Seis personagens em busca de autor".

22/08, às 20h
Maternagem
Com Amanda Acosta
Autor e diretor: André Fusko
Classificação: 14 anos
Sinopse:
Quatro mulheres em idades diferentes ao falarem sobre suas vidas acabam revelando as mães que são ou virão a ser. Instinto ou razão? Medo ou encantamento? Presunção ou humildade? Egoísmo ou generosidade? Ou tudo isso? Uma surpresa para quem espera um espetáculo adocicado e ameno.

29/08, às 20h
Teresa D’Ávila Solo
Com Ana Cecília Costa
Direção: Elias Andreato
Texto: Juan Mayorga
Classificação: 12 anos
Sinopse:
O espetáculo, uma adaptação para solo do premiado texto "A Língua em Pedaços" do espanhol Juan Mayorga, revela Teresa D’Avila, mística e poeta espanhola do século XVI, que de dentro no seu claustro monástico, responde e enfrenta o Inquisidor, arauto da poderosa Igreja Católica, que a acusa de subversão e heresia. Direção de Elias Andreato com Ana Cec&iacut e;lia Costa.

05/09, às 20h
Alice, Retrato de Mulher que Cozinha ao Fundo
Com Nicole Cordery
Direção: Malu Bazan
Texto: Marina Corazza
Classificação: 14 anos
Sinopse:
Monólogo sobre a figura de Alice B. Toklas, companheira da escritora Gertrude Stein. Fragmentada e dissonante, tal qual a literatura de Gertrude, a peça lança um olhar em perspectiva sobre a relação entre essas duas mulheres na efervescente Paris do início do século 20

12/09 às 20h
Numa Terra Estranha
Atuação, dramaturgia e direção: Sidney Santiago Kunza
Classificação: 14 anos
Sinopse:
Numa Terra Estranha é um convite para adentrar um barraco e acompanhar um carteiro, uma passista de escola de sampa, um peixeiro e uma empregada doméstica; figuras alegóricas que aparecem neste jogo emblemático entre ser e estar. Estas figuras marginais reivindicam a palavra para falar em primeira pessoa e em legítima defesa sobre amor, rebeldia e afeto.

Foto: João Caldas.

Postar um comentário

0 Comentários