Propaganda

Últimas Notícias

O rumo da oposição Limoeirense




A data era 15 de dezembro de 2007. O prefeito na ocasião era Luís Raimundo Medeiros Duarte. Nessa data, uma oposição unida mostrava força, união e apoio para as eleições do ano que estava para chegar. 2008, para os que ali estavam, seria o ano de uma virada política na história de Limoeiro. Nessa festa, que era uma confraternização natalina, estavam presentes representantes dos partidos PT, PSB, PR, PDT, PSDB, PMN, PMDB, PTB e PP.

Na foto acima, tirada pelo Jornal Viver Notícias e publicada na revista Fique Por Dentro, do jornalista Rubens Sacramento, vimos os seguintes líderes políticos. Wellington Alves (cuja imagem aparece um pouco cortada), Dr. José Higino, Marcos do Hospital, Dudu, Isaac Manacés, Zé Nilton, Padre Jorge Barbieri, Ricardo Teobaldo, Joãozinho, Orlando Jorge, Chico Gordo e Wedson Galindo.

Ricardo, então deputado estadual se preparava para ser candidato a prefeito pela terceira vez, após ter sido derrotado nas disputas de 2000 e 2004. E conseguiu ali unir toda uma oposição em torno do seu nome. Mesmo sendo filiado na época ao PSDB, conseguiu atrair para si partidos da base aliada do então presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, e do então governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Curiosamente, vemos lado a lado, Ricardo, o atual prefeito Joãozinho (que atualmente rivaliza com Ricardo na cidade) e Orlando Jorge, que será adversário do atual prefeito nas eleições do próximo ano.

Ironicamente, desse grupo que está na foto saiu um que seria o adversário de Ricardo na disputa de 2008. E desse mesmo grupo saiu outro que seria o vice na chapa adversária. Acontece que o Dr. Luís Raimundo, mesmo tendo direito de se candidatar à reeleição, abdicou e curiosamente, apoiou Ricardo. O Dr. José Higino e o Isaac Manacés, que era vereador na época, romperam com o grupo e se lançaram candidato a prefeito e vice, respectivamente. Ou seja, o grupo já chegou desfalcado no pleito eleitoral de 2008.

Em seguida, Ricardo se elegeria prefeito, e apoiou Joãozinho para presidência da Câmara. Mas em 2010, houve a separação política aparentemente irreversível entre os dois, de modo que Joãozinho passou a ser o principal adversário de Ricardo na cidade, perdendo para o mesmo a disputa pela Prefeitura em 2012, e em seguida, vencendo em 2016 Thiago Cavalcanti, então prefeito, que havia sido o vice de Ricardo.

Ainda é interessante citar Zé Nilton, que também durante três anos, teve um período de divergência com Ricardo, mas que voltaria em seguida e foi lançado vice de Thiago, na chapa que foi derrotada em 2016. Atualmente, Zé Nilton trabalha para ser candidato a prefeito, e se encontra desvinculado do grupo de Ricardo, e também fazendo oposição ao atual prefeito Joãozinho.

Lado a lado na foto, aparecem dois que ano que vem poderão estar travando um contra o outro uma das eleições mais acirradas da história. Joãozinho e Orlando Jorge, recentemente lançado pré-candidato a prefeito com o apoio de Ricardo, que também aparece ao lado de Joãozinho, fazendo o mesmo ficar na foto entre seus dois atuais adversários. Essa foto acima é a maior prova das voltas que a política dá...


Notícias Net Limoeiro


http://noticiasnetlimoeiro.blogspot.com/2019/10/coluna-desta-quarta-feira.html

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.