Propaganda

Últimas Notícias

Temporada no Pátio, do Conservatório Pernambucano de Música, recebe o Grupo Instrumental Brasil nesta quinta (13)


Trompetes, trompa, trombones, tuba e instrumentos de percussão darão o tom do concerto da Temporada no Pátio deste mês. O Grupo Instrumental Brasil se apresentará na Concatedral de São Pedro dos Clérigos, nesta quinta-feira (13), às 19h30, com a participação da soprano Gleyce Vieira, que estudou no Conservatório Pernambucano de Música. O evento, realizado pelo Conservatório Pernambucano de Música mensalmente, em parceria com a Arquidiocese de Olinda e Recife e o Instituto Dom da Paz, é gratuito.

O repertório da apresentação contará com composições de Vivaldi, J.S. Bach, Heitor Villa-Lobos, entre outros. “Este concerto terá canções como Tocatta Ande Fugue, de Bach; 1st movement, de Antonio Vivaldi; e Bachianas Brasileiras N° 5, de Villa-Lobos, com a participação da soprano Gleyce Vieira. Será uma apresentação bonita e única, do jeito que só o GIB pode fazer. O público presente terá uma noite muito especial e cheia de cultura”, destaca a gerente geral do Conservatório, Roseane Hazin.

O Temporada no Pátio nasceu com a intenção de movimentar a Concatedral de São Pedro dos Clérigos, localizada em um dos cartões-postais do Recife, o Pátio de São Pedro. Com projeto de Manuel Ferreira Jácome, o templo exibe pinturas de João de Deus Sepúlveda e Manuel de Jesus Pinto, com detalhes do mestre-dourador Inácio Melo Albuquerque. O projeto marca a entrega da edificação religiosa aos recifenses após ter passado um período fechado para reformas. 


Histórico Grupo Instrumental Brasil 

O Grupo Instrumental Brasil (GIB) tem como formação principal os instrumentos de metais e percussão: dois trompetes, uma trompa, um trombone, um trombone baixo, uma tuba e percussão, que se adaptam as formações camerísticas de acordo com o repertório e local da apresentação. O grupo é constituído por professores educadores do Departamento de Música da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e da Paraíba (UFPB), do Conservatório Pernambucano de Música (CPM), da Orquestra Sinfônica do Recife (OSR) e profissionais atuantes no cenário nacional e da região. 

O GIB foi fundado em 2014 com intuito de trabalhar um repertório musical em diversas formações, abrangendo a música de compositores brasileiros e erudita de concerto. O grupo difunde a música de concerto e promove a contextualização histórico-musical, a capacitação e a formação de plateia. Recentemente, o GIB foi uma das atrações do Festival São João Sinfônico.

Gleyce Vieira

A soprano Gleyce Vieira estudou no Conservatório Pernambucano com a professora Rosemary Carlos e, atualmente, é aluna do professor Luiz Kléber Queiroz, no Bacharelado em Canto pela UFPE. Como membro da Academia de Ópera e Repertório, em 2017, foi solista na Missa do Padre José Maurício. Em 2018, cantou a ópera Cambiale do matrimônio com a Aor, no papel de Fanny, e na Ópera Carmen interpretou Frasquita. Como integrante do grupo Folia Criolla, cantou na Mostra de Música Antiga da UFPE, nos dias 19 e 21 de dezembro de 2018.

Repertório GIB 

1 – CORAL (Moderato / Religioso) -Isaías Ferreira

2 – Canzona per Sonare No. 4 - Giovanni Gabrieli/Transcrito por Graeme Page

3 – Tocatta Ande Fugue - J. S. Bach/Arr. Dierson Torres

4 – Bachianas Brasileiras N° 5 - Heitor Villa-Lobos/ADPT. Mizael França

*Participação: Soprano Gleyce Vieira

5 - The Four Seasons, Spring (La Primavera), 1st movement - Antonio Vivaldi

6 – Amazing Grace - Arranjado por: Luther Henderson


Ficha Técnica 

Rinaldo De Melo Fonseca: trompista  Augusto Macedo Franca: trompetista 

Josias Adolfo Netto: trompetista 

Mizael França: trombonista 

Zilmar Medeiros: trombonista baixo 

Iris Vieira: tubista 

Antonio Barreto: percussionista

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.