Últimas Notícias

Estudante desaparecido é encontrado em Alagoas



Desaparecido desde as 16h da última quarta-feira (18), o estudante universitário Arthur Henrique Barros Lucena, de 24 anos, foi encontrado por volta das 13h40 desta sexta-feira (20) próximo a Barra de São Miguel, em Alagoas, nesta sexta-feira (20). O jovem, que estuda Ciência da Computação na Universidade Católica de Pernambuco, no Recife, foi reconhecido por uma mulher que ofereceu carona, mas que foi recusada por ele. Em seguida, a mulher procurou o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em São Miguel dos Campos, que realizou o resgate. O estudante foi encontrado no acostamento do rodovia aparentando muito cansaço, queimado de sol e desnorteado.

Arthur Henrique não havia sido mais visto desde a tarde da última quarta, após sair para a natação. O carro do jovem havia sido encontrado às margens da BR-101, próximo ao município pernambucano de Palmares, na Zona da Mata Sul de Pernambuco. Ate ele ser encontrado esta sexta, as últimas notícias tinham sido de que havia sido visto em Maceió, em Alagoas, perguntando como chegar em Salvador.
Esforços ainda estão sendo feitos para que Arthur se encontre com a família. Portanto, segundo o amigo da família e padrinho do jovem, Flávio Lins, o caso ainda não é considerado finalizado. A Delegacia de Palmares e o delegado Ian Campos, da Delegacia de Desaparecidos, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), estão investigando o caso.

Um familiar deixou uma mensagem em uma Rede Social agradecendo a preocupação de todos os compartilhamentos de uma foto que foi primordial para que o jovem Arthur pudesse ser encontrado. Confiram o recado:



Meus amigos, agradeço por demais os compartilhamentos, as preocupações, as aflições, os lugares que se puseram como familiar, amigos que nem conheciam ele e ajudaram, aqui sei que tenho amigos porque mais de 400 compartilharam esse sofrimento de uma família! Só tenho a agradecer por cada um e saber que posso contar com vocês! Amém. Ele foi encontrado debilitado mas não sabemos de muita coisa, porém vou compartilhar com vocês que se preocuparam, dedicaram um tempo para isso, sofreram como se fosse da família, não tenho nem palavras para agradecer porque o aparecimento dele foi por conta das redes sociais, e pode ser de um de vocês, vou relatar o que sei até o momento, depois passo o que houve pois nem a família sabe

Fonte Folha de Pernambuco

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.