Propaganda

Últimas Notícias

Hamilton vence o GP de Cingapura e abre caminho para o título


Vettel abandona no início e vê Hamilton abrir 28 pontos de vantagem no campeonato. Nem nos melhores sonhos de Lewis Hamilton, ele poderia imaginar o que seria o desfecho do GP de Cingapura. Um acidente entre Vettel, Raikkonen e Verstappen na primeira curva da prova, deixou o britânico livre para vencer com tranquilidade. Com isso, o inglês abriu uma vantagem de 28 pontos em relação a Sebastian Vettel e abriu caminho para o tetracampeonato. Daniel Ricciardo e Valtteri Bottas completaram o pódio. Felipe Massa errou na estratégia de pneus e terminou a prova em 11o, fora da zona de pontuação.


Confira como foi a prova.


Um pouco antes da largada, começou a cair a chuva em Cingapura. Mesmo sendo com pouco volume, foi o suficiente para molhar a pista. A maioria dos piloto optaram por colocar pneus intermediários, outros, com pneus de chuva. Os ponteiros decidiram pelos pneus intermediários. Na largada, Vettel espremeu Verstappen e Raikkonen, e os dois bateram e ambos abandonaram. Alonso também foi envolvido no acidente. Mais pra frente, Vettel sozinho rodou e bateu no muro, ficando sem bico. O alemão também abandonou a prova.



O Safety Car foi acionado para a limpeza da pista, mas com um novo líder agora, Lewis Hamilton, seguido por Ricciardo, Hulkenberg, Perez e Bottas. A relargada foi dada na volta cinco, com Palmer ultrapassando Bottas e assumindo a quinta colocação. Na volta 11, o Kvyat bateu sozinho na barreira de proteção, com isso o Safety Car entrou novamente na pista. A relargada foi dada na volta 15, com Hamilton seguindo na ponta, seguido por Ricciardo e Bottas. Sainz vinha em quarto e Hulkenberg em quinto. Durante o Safety Car, todos os pilotos que tinham pneus de chuva trocaram para pneus intermediários, exceto Felipe Massa, que na relargada, começou a sofrer e perder muitas posições.
Na volta 18, Massa parou e colocou pneus intermediários, mas até aí já tinha caído para a última posição.


Algumas voltas depois, Massa conseguiu fazer a ultrapassagem em cima de Pascal Wehrlein, subindo para a 14o colocação. Após 25 voltas completadas, Hamilton permanecia na ponta, seguido por Ricciardo, a quatro segundos atrás. Depois vinha Bottas, Sainz, Hulkenberg, Perez, Palmer, Vandoorne, Stroll e Grosjean. Magnussen foi o primeiro a arriscar e colocar pneus silick, a pista já estava bem seca. Massa também parou novamente e colocou os pneus para pista seca. A partir da volta 28, muitos já optavam por colocar os pneus slicks. Ricciardo parou antes de Lewis Hamilton, que poderia colocá-lo em vantagem, sobre Hamilton, quando o britânico parasse. Uma volta depois, foi a vez do piloto da Mercedes parar e ele voltou tranquilamente na frente.


A corrida se tornou um pouco monótona após a troca dos pneus. Aí o Ericsson resolveu colocar graça na prova, ao bater no ponto mais estreito da pista. O Safety Car novamente entrou na pista. Com isso Massa, novamente parou para fazer outra troca de pneus. Hamilton reclamava via rádio a entrada do Safety. O piloto balançava a cabeça negativamente, não acreditando, que a vantagem que construiu para Ricciardo, acabasse.


Com isso a prova seria finalizada por tempo. E faltando 26 minutos para o fim da prova, o Safety Car voltou para os boxes e a corrida foi reniniciada. Hamilton abriu uma boa vantagem em relação a Ricciardo, o que deu margem até para um erro do britânico. Isso fez com que a vantagem entre os dois, caísse em dois segundos. Após o susto, Hamilton voltou a abrir.



Faltando 5 minutos para o fim da prova, os 10 primeiros eram: Hamilton, Ricciardo, Bottas, Sainz, Perez, Palmer, Vandoorne, Stroll, Grosjean e Ocon. Hamilton cruzou a linha de chegada e abriu uma enorme vantagem de 28 pontos para Sebastian Vettel. Daniel Ricciardo cruzou em segundo, com Bottas em terceiro. A Fórmula 1 volta à ação em duas semanas com o GP da Malásia, que será disputado no circuito de Sepang, em Kuala Lumpur.

Confira o resultado do GP de Cingapura:


1) Lewis Hamilton (ING/Mercedes)
2) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull-TAG Heuer)
3) Valtteri Bottas (FIN/Mercedes)
4) Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso-Renault)
5) Sergio Pérez (MEX/Force India-Mercedes)
6) Jolyon Palmer (ING/Renault)
7) Stoffel Vandoorne (BEL/McLaren-Honda)
8) Lance Stroll (CAN/Williams-Mercedes)
9) Romain Grosjean (FRA/Haas-Ferrari)
10) Esteban Ocon (FRA/Force India-Mercedes)
11) Felipe Massa (BRA/Williams-Mercedes)
12) Pascal Wehrlein (ALE/Sauber-Ferrari)
OUT) Kevin Magnussen (DIN/Haas-Ferrari)
OUT) Nico Hülkenberg (ALE/Renault)
OUT) Marcus Ericsson (SUE/Sauber-Ferrari)
OUT) Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso-Renault)
OUT) Fernando Alonso (ESP/McLaren-Honda)
OUT) Sebastian Vettel (ALE/Ferrari)
OUT) Max Verstappen (HOL/Red Bull-TAG Heuer)
OUT) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari)


Via F1 Mania
http://f1mania.lance.com.br/formula-1/hamilton-vence-o-gp-de-cingapura-e-abre-caminho-para-o-titulo/

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.