quinta-feira, 13 de julho de 2017

CCJ da Câmara rejeita denúncia de corrupção contra Temer



O resultado foi obtido pelo governo após fazer uma série de mudanças na composição do colegiado. O plenário decidirá o caso. A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara rejeitou nesta quinta-feira 13 a denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Votaram pela rejeição da denúncia 40 deputados, 25 pelo acatamento e houve uma abstenção. Todos os 66 titulares estavam presentes no momento da decisão.

Logo em seguida, o presidente da CCJ, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), designou Paulo Abi-ackel (PSDB-MG) como relator de um novo parecer que corresponda à vontade da maioria da comissão, isto é, que seja contra o prosseguimento da denúncia. O novo relatório deve ser votado ainda nesta quinta-feira 13. Depois disso, o texto será encaminhado para o plenário da Câmara, que decidirá se autoriza, ou não, o Supremo Tribunal Federal (STF) a analisar a denúncia contra Temer.

A vitória de Temer ocorreu após dias de manobras na CCJ, que incluíram a troca de dezenas de integrantes da comissão, titulares e suplentes. Um dos primeiros a perder a vaga foi o ex-tucano Delegado Waldir (PR-GO). Na segunda-feira 10, quando o relator Sergio Zveiter (PMDB-RJ) apresentou seu parecer, o Waldir afirmou fora dos microfones que seu partido é "vendido" e chamou a legenda e o governo de "bandidos". "Cambada de bandido! Tá tudo grudado no saco do governo! Quem manda é o Temer, esse bandido! É um lixo de governo! Quadrilha organizada!", afirmou o parlamentar.

Além do troca-troca, o governo promoveu a liberação de verbas e promessas de cargos a muitos deputados. Nesta quinta-feira 13, Zveiter atacou duramente o governo por conta disso. "O senhor Michel Temer, contra quem pesam seriíssimos indícios, acha que podendo usar o dinheiro público, bilhões de reais, pode submeter a Câmara dos Deputados", disse Zveiter. "É obstrução de Justiça usar dinheiro público para que deputados venham aqui, através da liberação de verbas, emendas parlamentares e cargos para votar por um arquivamento esdrúxulo", afirmou. 

O próximo passo da tramitação é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), deve pautar a denúncia para votação. A votação será feita por chamada nominal, a exemplo do que ocorreu no impeachment de Dilma Rousseff. São necessários os votos de dois terços dos deputados (342) para que seja aprovada pelo plenário a autorização de abertura de processo contra o presidente da República por crime comum. Sem isso, o caso é arquivado na Câmara, e o processo na Justiça fica suspenso até o término do mandato presidencial. Com 342 votos ou mais, a autorização aprovada pela Câmara segue para a análise do plenário do Supremo Tribunal Federal, onde os ministros decidem se abrem ou não processo criminal contra o presidente da República. Se abrirem, Temer ficará afastado por seis meses.

A acusação: Nas 60 páginas da denúncia por corrupção passiva que apresentou ao Supremo Tribunal Federal (STF) contra Michel Temer, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, busca conectar dois conjuntos de fatos para provar a culpa do presidente. O primeiro envolve a negociação da propina semanal feita entre representantes do grupo J&F, de Joesley Batista, e Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR). O segundo conjunto compõe o estreito relacionamento entre Loures e Temer. Para Janot, há evidências de que, ao pedir e receber propina, Loures estava atuando em nome de Temer.

O relator da denúncia, Sergio Zveiter (PMDB-RJ), voltou a repetir seu argumento de que no início do processo a dúvida sobre as provas têm de ser em prol do direito da sociedade de que haja uma investigação. “No final não há dúvida de que se aplica o princípio in dubito pro réu, mas esse não é o momento, porque aqui é a autorização para que se investigue”, disse.

Para ele, a narrativa dos fatos é muito forte, e há indícios de que Temer indicou o ex-deputado Rocha Loures para receber vantagens para si. Além disso, ele disse que há 20 anos o Supremo Tribunal Federal entende que a gravação em que se baseia a denúncia pode ser aceita como prova. “Violação à intimidade é quando o cidadão recebe um amigo para tratar de assunto particular; não foi o caso do que ocorreu entre o empresário Joesley Batista e Michel Temer”, disse.


Mariz compara Temer a Lula: O advogado de Michel Temer, Antonio Mariz de Oliveira, respondeu ao argumento de Zveiter afirmando que a autorização não é uma mera formalidade, e que a avaliação dos deputados gera uma punição já nesse passo do processo, porque gera o afastamento do presidente da República. “Não é apenas um carimbo que vossas excelências vão dar”, disse. Mariz fez duras críticas ao Ministério Público (MP) e elogios aos deputados. Em sua avaliação, o nível do debate foi muito bom. “Ouvi neste plenário manifestações as mais variadas, algumas jurídicas, a maioria política, umas ideológicas de direita e de esquerda, mas todas sem exceção demonstraram empenho cívico e patriótico de mudar o País”, disse.

Quanto ao MP, o advogado disse que está se instaurando uma cultura de punição que não permite chance de defesa. “Pau que mata Chico, mata Francisco, e o pau que matou Lula vai matar Michel. O Ministério Público não está cumprindo seu papel, de procurar a Justiça, mas está querendo ocupar o poder. Hoje se aplica a pena, sem a presunção de inocência, sem o in dubito pró reu”, disse Mariz.


*Com informações da Agência Câmara


Via Carta Capital em: https://www.cartacapital.com.br/politica/ccj-da-camara-rejeita-denuncia-de-corrupcao-contra-temer
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquisar



Boas Festas!

Siga-nos por E-mail

Blog afiliado AblogPE



Este blog é afiliado a AblogPE

Este Blog é livre de CO²

ecologicamente correto

Tradutor

EnglishFrenchGermanSpainItalianDutch
RussianPortugueseJapaneseKoreanArabicChinese Simplified

Campanha LBV

Eu ajudo a mudar!

Nosso QR Código


Baixe um aplicativo de leitor QR Code e aponte seu celular nesta imagem para levar o COISAS DA VIDA sempre com você

Em Cartaz

Nosso Picasa

Noticias de Limoeiro e Região

Seguidores

Seguir nas Redes Siciais

Total de visualizações de página

Page Rank

PageRank


Arquivos do Blog

Anuncie Aqui

Oficina do Gordo da Bicicleta!
-----------------------------------------
Galpão das Artes
-----------------------------------------
Evolution Net!
-----------------------------------------
Horta Fruta
-----------------------------------------
Queiroz e Silva Consultoria Contável
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!
-----------------------------------------
Anuncie Aqui!

Postagens populares

Classificação recomendada

 Classificação indicativa 14 anos
Este Blog tem a classificação etária de 14 anos por conter em seu conteúdo alguma informação impropria para menores de 14. Nossa equipe não se responsabiliza por eventuais uso das noticias aqui veiculadas pelos menores.

Teste sua conexão

Que tal testar sua conexão de internet? Será que estão lhe oferecendo mesmo o pacote contratado? Faça o teste e descubra o resultado