Últimas Notícias

Morre Ian Murdock aos 42 anos de causas não exclarecida



Hoje foi um dia triste para a comunidade Linux, especialmente os usuários da distribuição Debian, pois seu criador, Ian Murdock, faleceu aos 42 anos. A notícia foi dada pela equipe do Docker que publicou em seu blog uma mensagem em memória de Ian e informando o acontecido. Ian Murdock era ex-funcionário da Sun Microsystems e da Salesforce, porém, é mundialmente reconhecido por ter criado a distribuição Linux Debian, sistema que até hoje serve de base para boa parte das distribuições Linux em geral. Ele tinha 42 anos. A causa da morte não foi exclarecida no post e o Departamento de Polícia de San Francisco também não informou nada, ao menos por enquanto.


A morte dele é envolta a alguns mistérios, aparentemente ele teve alguns problemas com a polícia (veja o PDF), a conta de Ian no Twitter foi deletada, ele também havia comentado sobre suicídio em um dos tweets, porém, nada foi confirmado até agora. Ficam aqui nossos sentimentos a família e amigos de Ian Murdock, alguém que realmente fez diferença no mundo e que será lembrado para sempre na história da tecnologia. Condolências de pessoas relacionadas ao Debian mais amplamente. Qualquer membro da comunidade Linux poderão enviar e-mail para in-memoriam-ian@debian.org.



Leia mais em: http://www.diolinux.com.br/2015/12/ian-murdock-faleceu-death.html

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.