Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Fim do Blu-ray? Disco óptico de 1 TB pode ser o futuro da mídia física



Dominando o mercado há quase 15 anos, o Blu-Ray pode estar com os seus dias contados. A startup Folio Photonics, de Ohio, nos Estados Unidos, quer revolucionar o armazenamento da mídia física e lançar discos ópticos com 1 TB de espaço livre, em 2024. Em comparação, um disco Blu-Ray 4K consegue armazenar 100 GB. A capacidade de armazenamento do suposto produto da Folio Photonics oferece 10 vezes mais espaço livre do que um Blu-Ray. Segundo informações da Startup, o disco óptico irá custar cerca de US$ 5 para produzir, tornando-se uma opção de baixo custo.

Tecnologia da empresa é secreta e patenteada
Infelizmente, não há detalhes sobre como a Folio Photonics conseguiu criar um disco óptico com 1 TB de armazenamento, custando apenas US$ 5 por unidade. A empresa patenteou a solução e mantém a tecnologia em segredo. A startup afirmou ter desenvolvido uma tecnologia capaz de criar discos com 8 ou 16 camadas. Para comparar, os discos Blu-Rays tradicionais possuem apenas três camadas. Segundo a Folio Photonics, a mídia física com 1 TB de armazenamento não é o limite do que a nova tecnologia pode alcançar.

Caso o novo produto se torne um sucesso, podemos estar diante de uma futura revolução na mídia física, mesmo que ela venha perdendo espaço para a mídia digital e o streaming. No primeiro momento a solução será voltada ao mundo corporativo. O sucesso do dispositivo pode representar o fim do Blu-Ray como opção preferencial de armazenamento. Caso o disco de 1 TB se torne realidade para os consumidores, poderemos ter coleções inteiras de filmes em um único disco. Franquias famosas como Harry Potter ou Senhor dos Anéis podem receber lançamentos de edições de colecionador, com todos os filmes em uma única mídia. Tais possibilidades são interessantes para a indústria, mesmo tendo certeza de que o disco não irá competir de frente com o streaming.

Postar um comentário

0 Comentários