Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Vitória de Santo Antão vira sede administrativa de Pernambuco



Em homenagem aos 377 anos da batalha do Monte das Tabocas, município recebeu título durante 24 horas


O primeiro embate da insurreição pernambucana, conhecido como Batalha do Monte das Tabocas, completa 377 anos neste mês de agosto. Em homenagem ao momento histórico, que se passou no território de Vitória de Santo Antão, o município tornou-se sede administrativa de Pernambuco por 24 horas nesta terça-feira (02.08). Além da transferência temporária da sede, o governador Paulo Câmara anunciou ações nas áreas de saúde, educação e desenvolvimento urbano.


Durante a visita, foi lançada a pedra fundamental do Parque Ambiental de Vitória de Santo Antão. A construção do espaço faz parte de um conjunto de ações em parceria com a prefeitura, que inclui a pavimentação de ruas e a implantação de uma ciclofaixa, totalizando um investimento de mais de R$ 7,4 milhões.


“Vitória de Santo Antão tem muita história e sempre mostra aos pernambucanos o valor de respeitar o passado e tirar lições para um futuro melhor. Então, fizemos esse gesto de reconhecimento e anunciamos ações importantes para o município, sempre em diálogo com as necessidades da cidade,”, afirmou Paulo Câmara.


A obra deve ocupar uma área de 8,5 hectares no bairro do Cedro e terá Academia da Cidade, parque infantil, lago com píer, quadra poliesportiva, anfiteatro, pista de cooper, ciclovia e skatepark, além de área de proteção ambiental permanente. O espaço irá beneficiar não só Vitória de Santo Antão, mas também municípios vizinhos, a exemplo de Pombos e Moreno.


Já as ruas Itamaracá, Itapuama, Tambaú, Ipanema, Maragogi, Ponta Negra, Gaibu e Padre Pedro de Souza Leão serão totalmente pavimentadas. Por sua vez, o projeto Ciclovitória prevê a implantação de uma ciclofaixa com 8 quilômetros de extensão, orçada em R$ 711 mil.


O Governo do Estado emitiu ainda ordens de serviço para a construção de quatro quadras poliesportivas em escolas de Vitória de Santo Antão. O investimento é de R$ 3,5 milhões e vai contemplar as Escolas Professora Amélia Coelho, Escola de Referência em Ensino Médio (EREM) Antônio Dias Cardoso, Escola Madre Lucila Magalhães e EREM Senador João Cleofas de Oliveira. Todas as unidades de ensino são ligadas à Gerência Regional de Educação (GRE) Mata Centro. Também foram liberados recursos para reforçar a saúde da cidade, no valor de R$ 4,7 milhões.


Por fim, o governador Paulo Câmara visitou o Instituto Histórico e Geográfico do município, onde recebeu reconhecimento pelos serviços prestados à instituição, que têm mais de 70 anos de fundação e esteve nas instalações da fábrica Alumiaço, do Grupo Marcolan. O empreendimento terá uma área total de dois hectares, com um aporte de R$ 15 milhões, e será o maior do grupo, com previsão de operar em três turnos. Inicialmente, deve gerar 60 empregos diretos.


Acompanharam a comitiva os secretários estaduais André Longo (Saúde), Tomé Franca (Desenvolvimento Urbano e Habitação), Alexandre Rebelo (Planejamento e Gestão), Edilazio Wanderley (Desenvolvimento Social, Criança e Juventude), Inamara Melo (Meio Ambiente e Sustentabilidade), Milu Megale (Turismo e Lazer), Humberto Freire (Defesa Civil), Oscar Barreto (Cultura), Humberto Arraes (Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas), Marconi Muzzio (Controladoria Geral do Estado), Marcelo Canuto (chefe de Gabinete), Ana Elisa Sobreira (Mulher), Fernandha Batista (Infraestrutura e Recursos Hídricos), Alexandre Gabriel (chefe da Assessoria Especial), coronel Carlos José (chefe da Casa Militar), Marcelo Barros (Educação e Esportes) e Romero Jucá (Ciência, Tecnologia e Inovação), além do prefeito Paulo Roberto e outros prefeitos e vereadores da região.


Foto: Heudes Regis/SEI

Postar um comentário

0 Comentários