Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Especialista em Gestão em Segurança Pública alerta para cuidados ao ir/ voltar de festas



Sócia-diretora da Diligente Soluções em Segurança diz que gerenciar riscos diminui a probabilidade de eventos não desejados ocorrer

Gerenciar riscos para diminuir a probabilidade de que eventos não desejados aconteçam, a exemplo de roubos e furtos, sobretudo nesta temporada de festejos juninos, pode parecer complexo, no entanto, a especialista em Gestão em Segurança Pública Giulliana Lucena, sócia-diretora da Diligente Soluções em Segurança, afirma que segurança é um conjunto de barreiras: quanto mais delas se acrescenta, mais se diminui a probabilidade de eventos não desejados acontecerem. Ela fala sobre cuidados que se deve ter, principalmente nos trajetos de ida e volta aos locais de festas e ao sair e chegar em casa.

Giulliana alerta que no triângulo do crime existem: o alvo desejável/vulnerável, o agente disposto e capaz e o ambiente favorável. Tornar essas condições desfavoráveis ao delito, buscando se proteger de diversas formas, pode diminuir a vulnerabilidade do risco ou, ao menos, amenizar os danos, caso esse se concretize. Ela diz que toda medida de prevenção adotada vai diminuir a probabilidade e o impacto de uma circunstância não desejada.

Ao se preparar para ir a uma festa, o indicado é levar somente o essencial. A especialista lembra que o celular hoje em dia é mais um objeto de necessidade do que de ostentação, mas se existir a possibilidade de usar um aparelho mais antigo para ir à festa, melhor. "Trocar o aparelho por um provisório, que esteja guardado, para diminuir o impacto do dano em caso de ocorrências não desejadas é o indicado. Levar documentos e o dinheiro fracionado, distribuídos em espécie de doleira (pequena bolsa presa a parte interna do corpo) e, caso necessite levar bolsa, utilizá-la com o zíper/botão virado para a parte de dentro pode dificultar o acesso do agente criminoso. É bom também não expor correntes, relógios e outros objetos de valor que acabem chamando atenção". 

Evitar transitar (a pé ou de carro) por ambientes ermos, preferindo os iluminados e com policiamento, inclusive para estacionar, é o mais ponderado. Em caso de uso de carros de aplicativos, a especialista indica que se verifique tempo de prestação de serviço do motorista, quantidade de corridas, avaliações, além de compartilhar a localização em tempo real por um aplicativo à parte, a exemplo do WhatsApp, com alguém de confiança, assim como informações referente a cor, placa e modelo do veículo, para aumentar o grau de segurança. Tanto nesse caso como no de uso de ônibus, vale ficar esperto no trajeto até o ponto, preferindo seguir por locais iluminados, estando sempre atento ao entorno e permanecendo em grupo. "É bom que fique ajustado, antes, local de encontro do grupo, lugar para ir em caso de perda e principalmente se evitar permanecer sozinho e, assim, vulnerável", considera Giulliana Lucena.

O uso de sistemas de monitoramento tecnológicos/eletrônicos de segurança é válido no processo de saída e chegada em casa. Para isso, é possível acompanhar pelo celular toda a movimentação. A especialista em Gestão em Segurança Pública diz que equipamentos do tipo podem ser encontrados a preços acessíveis no mercado e esta é mais uma medida para gerenciar riscos. De acordo com a Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança, o setor de mercado em 2021 teve um crescimento de 14% da comercialização dos produtos; em 2020, o aumento foi de 13%. Os números representam o investimento em soluções inteligentes, a exemplo da implantação de sistemas de câmeras de segurança em residências ou empresas.

Se todas as medidas forem tomadas, mas alguma situação indesejada acontecer, Giulliana Lucena orienta a não reagir, buscando amenizar/ gerenciar a crise. "É importante realizar o registro do Boletim de Ocorrência para que se saiba onde há maior incidência de crimes e se crie estratégias que amenizem a probabilidade de novas ocorrências”, conclui.

Postar um comentário

0 Comentários