Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Estação móvel mede qualidade do ar no Complexo de Suape



O Complexo Industrial Portuário de Suape começa, ainda este mês, a monitorar a qualidade do ar com a instalação de uma moderna estação móvel no território da estatal, que ocupa área de 13,5 hectares entre os municípios do Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca, no Grande Recife. O maquinário analisará a qualidade do ar da zona industrial portuária com a finalidade de fiscalizar e gerenciar a emissão de substâncias presentes na atmosfera e potencialmente nocivas ao sistema respiratório das pessoas.  A qualidade do ar é um importante indicador do Índice de Desempenho Ambiental (IDA) da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), que serve como instrumento de acompanhamento e controle de gestão ambiental em instalações portuárias. A estação móvel consolida os resultados de forma online e em tempo real e encaminha os dados à central de supervisão, para acompanhamento da variação dos níveis de leitura realizados durante a checagem diária. 

“O objetivo do monitoramento é avaliar as concentrações de materiais particulados inaláveis e gases (óxido de nitrogênio, monóxido de carbono e dióxido de enxofre) oriundos da bacia aérea do porto e comparar as concentrações médias diárias em relação aos limites estabelecidos por resolução do Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama). A gestão ambiental é muito importante para assegurar que, durante as operações, sejam evitados possíveis impactos ambientais, incluindo os que estão associados às características do ar”, explica o diretor de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Suape, Carlos Cavalcanti.  De acordo com Paulo Teixeira, coordenador de Gestão Ambiental da empresa, a estação de monitoramento do ar dispõe de vários sensores de parâmetros meteorológicos, como temperatura e umidade do ar; irradiância global; velocidade e direção do vento; e pressão atmosférica. “Todos esses indicadores são empregados na interpretação dos resultados. Com o início deste estudo, esperamos ter avanço considerável na qualidade do gerenciamento das emissões atmosféricas na região portuária”, pontua. A empresa Aires Serviços Ambientais foi a vencedora da licitação para a realização da ação ambiental.

Postar um comentário

0 Comentários