Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Podcast Nossa História, Nossa Memória inicia segunda temporada nesta quinta-feira, 19



A nova fase apresenta uma série de entrevistas com foco na proteção, preservação, conservação e salvaguarda dos patrimônios ferroviários de Pernambuco. A iniciativa  conta com cinco programas inéditos. Projeto tem a  coordenação geral e entrevistas do jornalista, Salatiel Cícero, produção e pesquisa da jornalista, Josi Marinho. Novidade para estreia do roteirista e editor de áudio,  jornalista, Gedson Pontes, e também da militante da cultura popular e artesã em bordado livre, Crislaine Xavier, voz oficial dos episódios

O Podcast Nossa História, Nossa Memória, projeto com foco na proteção, preservação, conservação e salvaguarda dos patrimônios culturais de Pernambuco, inicia  nesta quinta-feira, 19, sua segunda temporada de exibições. Nessa nova fase, o público acompanha uma série de entrevistas, inéditas, sobre a preservação do Patrimônio Ferroviário de Pernambuco em diferentes cidades do Eixo Norte, compreendendo os municípios de Paudalho, Carpina, Nazaré da Mata, Aliança e Timbaúba, na Mata Norte. O conteúdo exclusivo está disponível nas redes sociais do projeto: Instagram e Facebook, e no blog do podcast Nossa História, Nossa Memória. O primeiro episódio desta série vai ao ar às 18h, no blog do projeto: www.nossahistorianossamemoria.com, além do Instagram, Facebook e Youtube. 

Ao todo, serão cinco episódios e, cada um deles, traz uma abordagem especial sobre afetos, memórias e culturas trazidas a partir do movimento das ferrovias no estado e região. Por conta das restrições da pandemia de covid-19, o projeto de pesquisa, gravação e produção foi realizado remotamente.

“Em cada programa, o público terá a oportunidade de se conectar com tempo, histórias. Tivemos sensibilidade de aprofundar os diálogos e pesquisa, a partir de alguns relatos orais, que vão nos ajudar a compreender todo o contexto. A mídia sonora foi fundamental para que pudéssemos chegar a esse resultado ” destaca o jornalista e radialista, Salatiel Cícero, coordenador geral do projeto. 

“A pesquisa sonora reúne, ainda, historiadores, jornalistas, arquitetos, entre outros convidados. Fizemos um trabalho de produção que nos ajudasse a levantar fatos mais importantes sobre os usos do patrimônio ferroviário em PE, evidenciando sua importância para a urbanização, economia, e demais aspectos ambientais, culturais e geográficos de cada cidade de nossa região” ressalta a jornalista e produtora do podcast, Josinalda Marinho.  

O primeiro episódio traz, como ponto de partida, a história do Conjunto Ferroviário instalado na cidade de Paudalho, a 37 km do Recife. O local, inaugurado no ano de 1881, fez parte da extinta Rede Ferroviária Federal SA (RFFSA). Por longas décadas, foi ponto de partidas e chegadas de passageiros e cargas. Entretanto, em 2014, deu lugar ao Acervo Público Municipal, onde passaram a ser guardados documentos importantes da memória da cidade, além de funcionar como espaços de educação social e patrimonial, com transmissão de saberes para comunidade, escolas, universidades e pesquisadores. Por sua importância histórica, o espaço tornou-se Patrimônio Cultural Ferroviário Nacional, pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.  Atualmente, funciona apenas como a sede da Secretaria Municipal de Cultura.

Equipe - O podcast Nossa História, Nossa Memória é produzido pela jornalista, escritora e produtora cultural, Josi Marinho, 33, da cidade de Carpina, juntamente com a coordenação do jornalista, radialista e produtor cultural Salatiel Silva, 31, de Nazaré da Mata. A proposta para a elaboração do projeto surgiu a partir das vivências e do contexto social deles, que são jovens, negros e moradores da periferia de cidades da Mata Norte, uma das regiões mais pobres do interior de PE. 

Novidades - A ideia para esta nova temporada surgiu do convite para participarmos da 14ª Semana do Patrimônio Cultural de PE - 2021, promovida pela Fundarpe. Compreendendo o contexto histórico que a Mata Norte ocupou no processo do desenvolvimento ferroviário trouxe para o estado, principalmente, para cidades do interior. Diferentemente da primeira temporada, que trouxe um formato de entrevista documental, essa nova fase, faz um mergulho mais profundo. O formato traz uma estética de uma áudio série, no qual o centro da conversa será mediado por uma narradora oficial.

Além disso, se somam, ao projeto, mais dois jovens: Cris Xavier, natural de Nazaré da Mata, Ela que é artesã, apaixonada pela cultura pernambucana e especialista em bordado livre inspirado na cultura regional, será a voz oficial dos programas.   O time também terá a participação do jornalista Gedson Pontes. Experiente na escrita audiovisual e virtual, e processo do áudio designer, ficará no comando dos roteiros e montagem e edição dos episódios. 

O projeto, de caráter documental, usa técnicas de linguagem radiofônica, internet e de jornalismo cultural, biográfico e literário. O formato atende a todas as idades O roteiro e todo o processo de construção dos episódios, busca conectar o entrevistado aos ouvintes, por meio de uma conversa linear. 

Destaque para a estréia de Cris Xavier no comando da apresentação. Militante da cultura popular, ela agrega um grande valor à produção com uma voz marcante e regionalizada.  “Eu sou bordadeira e admiradora da cultura pernambucana nas suas mais diversas vertentes. Desde criança sempre participei de ações culturais e hoje me sinto feliz por poder contribuir para a difusão da cultura pernambucana através do podcast Nossa História, Nossa Memória. Este resgate cultural é necessário e, sem dúvidas, de grande impacto  para manter nossa história viva e acessível”, ressalta. 

Primeira temporada-  De janeiro a maio deste ano, o projeto, que teve o com o incentivo do Edital de Criação, Fruição e Difusão (LAB PE), mapeou, registrou e divulgou dezenas de grupos, artistas e manifestações culturais pernambucanas. Um trabalho biográfico oral, inédito que ajudou a contar a história de pessoas, artistas e instituições com pouca ou nenhuma visibilidade midiática. 

Em um período de quatro meses, foram publicados, por meio das plataformas de podcasts e dos canais oficiais do projeto, disponíveis na internet, cerca de 28 episódios, o que resultou em mais de 1.400 minutos de conteúdos gratuitos e exclusivos, sobre Patrimônios Vivos, Museus, Pontos de Cultura, além de outras linguagens e gêneros da cultura de Pernambuco, como  artesanato, maracatu, teatro, cinema, gastronomia, música, artesanato e literatura.  Ao todo, o projeto entrevistou cerca de 35 personalidades.  O conteúdo está disponível nas redes sociais do podcast. 

Diante do processo de pesquisa, mapeamento, registro e divulgação, o Podcast Nossa História, Nossa Memória desenvolveu, também, um blog especial. A plataforma, considerada um ambiente fonográfico,  traz, além de toda documentação sonora, fotografias, textos, entre outras informações complementares aos temas e entrevistas, de cada episódio. Um acervo que despertará ainda mais curiosidade e o desejo de enriquecimento cultural no público. É uma verdadeira enciclopédia sonora que vai ficar para gerações. 

Serviço

O quê: Podcast Nossa História, Nossa Memória inicia segunda temporada 

Quando: Nesta quinta-feira, 19

Horário: 18h

Onde: Redes Sociais do Podcast Nossa História, Nossa Memória




Postar um comentário

0 Comentários