Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

BioCatch aposta no mercado brasileiro e anuncia Ricardo Calfat como country manager




A BioCatch, líder mundial em biometria comportamental, está intensificando sua atuação no mercado brasileiro de tecnologia, onde atende  clientes do setor financeiro – bancos, fintechs e outras instituições. Por isso, anuncia Ricardo Calfat, profissional com mais de 20 anos de carreira, como country manager no Brasil. 

“Pretendo agregar minha expertise em desenvolvimento de tecnologia para o setor financeiro ao perfil inovador da BioCatch de modo a posicioná-la como uma empresa que aplica tecnologia de prevenção em um mundo digital onde segurança e experiência do cliente podem coexistir”, afirma o executivo.


Tecnologia e portfólio

A BioCatch foi fundada em 2011 por especialistas em pesquisa de ciência neural e cibersegurança. Com operação em 16 países, é especializada na detecção de fraudes online e proteção contra ameaças cibernéticas, a partir da análise de interação física e cognitiva dos internautas, de modo a protegê-los junto com seus dados e dispositivos.

Ao traçar o perfil do comportamento do usuário – a partir de movimentos do mouse, cadência de digitação, padrões de furto ou orientação do dispositivo –, a plataforma da BioCatch, baseada em Inteligência Artificial, identifica normas observadas estatisticamente para comportamento regular e suspeito. Consequentemente, é feita a distinção entre usuários para evitar ataques humanos ou automatizados que visam fraude ou roubo de identidade. Esses ataques podem ocorrer de forma humana ou automatizada, com uso de bots, malwares ou ferramentas de acesso remoto. 

Para isso, a BioCatch possui um portfólio composto por soluções que abordam os tipos mais comuns de ataques de fraude bancária online:

Proteção de abertura de conta: a abertura de conta falsa ocorre quando um cibercriminoso usa identidades falsas ou roubadas para criar contas bancárias reais para uso criminoso. Durante a abertura, a velocidade de digitação, os padrões de furto e cada clique do mouse revelam um “perfil de usuário”. Ao reunir percepções comportamentais para ampliar a visibilidade sobre o risco ou a veracidade da ação, a BioCatch contribui com a eliminação de prejuízo financeiro por fraude e com o aumento da assertividade na conquista de clientes.

Proteção contra roubo de conta: o roubo de conta ocorre quando um criminoso invade a conta de um cliente de banco real com o objetivo de capturar seu dinheiro. Vários modos de operação são usados pelos cibercriminosos para fraudar uma conta bancária, incluindo preenchimento automático de credenciais, malware e ataques de ferramentas de acesso remoto. Ao reunir percepções sobre “quem” está no controle da ação em uma conta, a BioCatch contribui com a redução de fraudes, o aumento da confiabilidade na operação e o aperfeiçoamento da experiência do usuário.

Detecção de golpe de engenharia social: é quando um cibercriminoso mente e manipula um cliente de banco, fazendo-o acreditar que seu dinheiro está em perigo e que ele precisa transferi-lo para uma conta diferente. Ao analisar o comportamento do usuário em tempo real para detectar se ele está conduzindo uma transação sob influência de um cibercriminoso, a BioCatch protege os bancos contra fraude de pagamento eletrônico.
 
Carreira do country manager

Ricardo Calfat é formado em administração pela Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP) e, anteriormente, trabalhou na Mynarski International Valuation e na ACI Worldwide.

Postar um comentário

0 Comentários