Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Prefeitura de Limoeiro resgata Programa Idoso em Movimento

“Vida, superação e alegria”. A marca do Programa Idoso em Movimento (PIM) revela as transformações que as atividades físicas e sociais proporcionam ao público da terceira idade. No município de Limoeiro, a atual gestão inseriu a retomada do PIM na lista de prioridades da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania para o primeiro semestre.

E assim aconteceu. Após o período de planejamento e divulgação, as ações estão sendo executadas.

Sob a coordenação da Secretaria Executiva da Mulher, o trabalho inicial esteve no mapeamento dos núcleos espalhados pela cidade e comunidades rurais. Composto em sua maioria por mulheres, o espaço também é aberto aos homens. Seguindo os protocolos sanitários de prevenção à pandemia, visitas domiciliares, a exemplo de Gameleira, Duas Pedras, Mendes, Coqueiros, Urucuba, Cohab, Congal, Bairro João Ernesto e Alto de São Sebastião, foram realizadas para construção coletiva do plano de atividades. 

De acordo com a secretária executiva da Mulher, Ceça Amorim, onde existiam grupos formados, foram feitos contatos com representantes (líderes), as quais firmaram a parceria de coletar nomes e contatos telefônicos dos idosos daquela comunidade para inserção em um grupo de whatsapp específico do PIM. Por causa da pandemia, os encontros presenciais ainda não serão possíveis, porém, com uso da tecnologia, eles estão voltando a viver e a sorrir. 

A secretária informou que já foram realizadas quatro reuniões virtuais com microaulas para motivar e estimular. E mesmo diante da dificuldade por falta de internet ou acesso limitado em alguns setores, os idosos não desanimam. Já são aproximadamente 160 cadastrados em 15 grupos aptos para iniciar as atividades que exercitam o corpo, higienizam a mente e integram socialmente. E o número deve aumentar consideravelmente com o lançamento da campanha: “Eu apoio, eu cuido, isso é amor”.

Segundo Ceça, o objetivo da ação é despertar nos filhos, netos, sobrinhos e demais familiares, o desejo de colaborar com a participação do idoso no PIM. Para isso, no momento da atividade, o familiar se compromete em auxiliar e ceder o aparelho celular conectado à internet para aquele senhor ou senhora que ainda não tem. Para os casos onde a conexão não é possível, a aula gravada será enviada para ser acompanhada pelo idoso no horário mais adequado para ele.

Durante os encontros online, são ofertadas palestras de orientação e formação médica e psicológica. “O PIM tem o jargão que é ‘vida, superação e alegria’, e, nesse momento, estamos buscando muito mais a superação, que é a superação da falta do conhecimento do implemento tecnológico, do acesso à maquina, do acesso à internet, para que a gente possa dar um salto qualitativo na participação. Vamos trazer de volta a qualidade de vida ao idoso e o respeito cidadão”, destacou Ceça Amorim.

Postar um comentário

0 Comentários