Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Sistema Hapvida doa estruturas modulares transformadas em 20 leitos de UTI pelo Governo do Estado de Pernambuco para o enfrentamento à Covid-19




A partir desta segunda (29.03.2021), a estrutura vai abrigar 20 pacientes em hospital de referência no combate à Covid-19. Governador Paulo Câmara visitou o espaço nesse domingo (28)


O governador Paulo Câmara anunciou, em pronunciamento neste domingo (28.03), que Pernambuco ultrapassou a marca de 500 leitos abertos em 28 dias para o enfrentamento à Covid-19. O anúncio aconteceu após uma visita ao Hospital de Referência à Covid-19 – unidade Olinda, localizado na maternidade Brites de Albuquerque. A unidade teve sua capacidade ampliada, com mais 20 leitos de UTI. A expansão foi instalada, na área externa do serviço de saúde, em 15 estruturas modulares doadas ao Estado pelo Sistema Hapvida. 

As estruturas modulares, com investimento em torno de R$ 1 milhão, têm 250m² de área total, contam também com camas doadas pelo Hapvida e receberam do governo do estado os equipamentos para transformação em leitos  de UTI. Com as novas vagas, a unidade passará a contar com 120 leitos, sendo 70 de UTI. 

“Estamos satisfeitos de podermos fazer parceria, buscando melhorar a vida do povo, cuidar das pessoas. É uma estrutura de qualidade e o atendimento vai ajudar muito aqui à estrutura que já existe na Brites de Albuquerque. O Hapvida nos mostrou  uma alternativa, que foi a construção dessa estrutura com contêineres que eles já tinham montado no Rio Grande do Norte e agora disponibilizam para Pernambuco, que  vai nos ajudar num momento difícil. Está tudo pronto, com equipamentos de  alta qualidade, estrutura física também está montada, então é só as equipes chegarem, a partir desta segunda-feira, e nós já vamos contar com mais 20 leitos de UTIs para nossa rede pública, e com certeza vai nos ajudar a salvar vidas nesse momento tão difícil que passa o nosso estado, que passa o nosso país”, afirmou o governador Paulo Câmara. 

O secretário de Saúde de Pernambuco, André Longo, destacou a importância da parceria privada. “ É uma grande satisfação para o estado de Pernambuco, receber esse tipo de colaboração. Temos feito, ao longo do enfrentamento à covid-19, a maior operação sanitária, logística de mobilização de equipamentos, insumos, recursos humanos, de sua história.  Essa unidade marca uma parceria entre o setor público e a iniciativa privada da empresa Hapvida, que se dispôs a nos ajudar com esse módulo aqui. São mais 20 leitos de UTI que a gente vai colocar à disposição do Sistema Único de Saúde. Para se ter ideia do tamanho desse  esforço, nunca antes visto na história, nós estamos chegando com essa unidade aqui, a mais de 500 leitos de UTI abertos apenas neste mês de março, nesses 28 dias”, destacou. 

O Sistema Hapvida não mede esforços para salvar vidas, principalmente nesse atual momento da pandemia. A partir de experiências que deram bons resultados em Wuhan, cidade na China, epicentro do surto do novo coronavírus, o Sistema Hapvida também utilizou contêineres no tratamento de pacientes no estado do Rio Grande do Norte, contribuindo para a reabilitação de pacientes que foram infectados. “Essa iniciativa extrapola os limites das nossas fronteiras, Pernambuco é a nossa segunda principal praça do Sistema Hapvida e dessa forma a gente estende à toda a população do estado a nossa ajuda nesse momento de crise da saúde mundial.Essa estrutura tem uma grande virtude, que é a versatilidade na montagem. Ela serve tanto para leitos de enfermaria como para leitos de UTI. E, aqui em Pernambuco, foi definido um padrão de leitos de UTI. Uma outra grande virtude é a velocidade com que se consegue viabilizar o equipamento. Para essa estrutura, entre a chegada e a entrega de hoje, estamos falando em torno de 10 dias”, explicou o vice-presidente administrativo da Hapvida, André Melo.

Sobre o Sistema Hapvida

Com mais de 6,6 milhões de clientes, o Sistema Hapvida hoje se posiciona como um dos maiores sistemas de saúde suplementar do Brasil presente em todas as regiões do país, gerando emprego e renda para a sociedade. Fazem parte do Sistema as operadoras do Grupo São Francisco, RN Saúde, Medical, Grupo São José Saúde, além da operadora Hapvida e da healthtech Maida. Atua com mais de 38 mil colaboradores diretos envolvidos na operação, mais de 15 mil médicos e mais de 15 mil dentistas. Os números superlativos mostram o sucesso de uma estratégia baseada na gestão direta da operação e nos constantes investimentos: atualmente são 45 hospitais, 198 clínicas médicas, 46 prontos atendimentos, 175 centros de diagnóstico por imagem e coleta laboratorial.

Postar um comentário

0 Comentários