Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

PIB de Pernambuco mantém recuperação ao apresentar crescimento de cresceu 0,8% entre outubro e novembro de 2020.




O Produto Interno Bruto (PIB) de Pernambuco cresceu 0,8% entre os meses de outubro e novembro de 2020 na série com ajuste sazonal. Na comparação com igual mês do ano anterior, houve crescimento do PIB (1,7%) No acumulado no ano a variação foi de -2,0% No acumulado de 12 meses o PIB registrou variação de -1,7%.

A economia pernambucana, avaliada pelo desempenho do Produto Interno Bruno (PIB), mantém recuperação ao apresentar crescimento pelo sétimo mês consecutivo. Além de registrar uma variação real de 0,8% em relação ao mês de outubro, na série com ajuste sazonal, o PIB estadual cresceu 1,7%, na comparação novembro/2019 com igual mês do ano anterior. No acumulado do período de janeiro-novembro, a variação foi de - 2,0%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (21), no boletim mensal da Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco - Condepe/Fidem, com base nos números do Sistema de Contas Regionais que tem a coordenação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Os três setores da economia apresentaram crescimento nos dois comparativos mensais, destacando-se o setor de serviços com resultados positivos, tanto na comparação com o mês anterior (0,8%) quanto em relação a novembro de 2019 (0,2%), por ser o de maior peso na economia e mais diretamente pelos impactos da pandemia do Covid-19. A indústria sustentou sua trajetória de crescimento, apresentando 0,2% em relação ao mês anterior e 5,7% em relação ao ano anterior. A agropecuária registrou crescimento em todos os comparativos, mantendo a sua contribuição aos resultados finais do PIB de Pernambuco.


O diretor de Estudos e Pesquisas da Condepe/Fidem, Maurílio Lima, explica que os resultados da economia no segundo semestre vem contribuindo para um melhor fechamento do ano de 2020 com melhores números do que os previstos no início dos impactos da pandemia do Covid-19, “isso demonstra que as ações do Governo do Estado estão no caminho certo em relação à economia estadual, além da priorização de vidas humanas”. 

 

Postar um comentário

0 Comentários