Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Há 06 anos Limoeiro perdia Carlos Alfeu, radialista da Rádio Jornal



Foi no dia 13 de novembro de 2014 que a triste notícia do falecimento do radialista Carlos Alfeu veio a tona para os Limoeirenses que não acreditaram no acontecido. Foi neste ano de 2014 que Alfeu tirou suas merecidas férias e viajou para o Rio de Janeiro com sua esposa Vera. Durante este período de férias Alfeu passou mal e foi internado vitima de um edema pulmonar seguido de infarto no miocárdio. Na época os amigos e fãs ficaram desolados e sem acreditar. Na chegada do corpo do radialista da Rádio Jornal Limoeiro AM 660 KHz, os amigos fizeram uma bela homenagem com o carro de som de Miltão percorrendo as principais ruas de Limoeiro anunciando a chegada do corpo. 

Seu corpo foi velado na cede do Centro Limoeirense, onde lá recebeu diversas homenagens e aplausos dos amigos. No dia 14 o cortejo fúnebre seguiu até o cemitério São João Batista em Limoeiro, onde lá o mesmo foi sepultado. Todos os anos no dia 13 de novembro os amigos e ouvintes fieis prestam homenagens a Carlos Alfeu, o homem que comandou os microfones da Jornal por muitos anos. No quadro "Fazendo História" que é vinculado na emissora sempre traz boas recordações de Alfeu e hoje não diferente com meia hora dedicado ao eterno radialista de Amplitude modulada. Nas Redes Sócias muitos amigos prestaram homenagens a Alfeu que em vida fazia a alegria de muitas pessoas com sua bagaceira. Hoje é momento de recordar e lembrar os bons momentos, pontou dona Maria em uma Rede Social ao lembrar do amigo de longas datas.

Veja uma breve biografia de Alfeu

Carlos Alfeu da Silva Arruda, 54 anos,  natural de São Luiz – MA, radicado na cidade “Princesa do Capibaribe”, era âncora da programação local da Rádio Jornal Limoeiro, integrante do Sistema Jornal do Commercio de Rádio, comandando os programas “Revista da Manhã”, “Supermanhã”, a “Bagaceira” e “Revista do Almoço” de grande índice de audiência neste Agreste Setentrional. Radialista há 30 anos, era figura bastante respeitada e estimada. O programa “A Bagaceira” foi criado para dar oportunidade aos artistas da região, em especial aos cantores de brega. Muitos foram descobertos pelo programa criado por ele e no “Projeto Radio do Povo”, artistas como Moura Rossi e Reginaldo Rei do Brega, entre outros. Ultimamente, após a mensagem matutina do padre Airton Freire, ao iniciar o programa “Revista da Manhã”, Alfeu criou um bordão que todos repetiam com alegria: “eitaaaaaa paaaaadre, mas padre.. padre... padre!”

Postar um comentário

0 Comentários