Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

MPPE empossa mais dez aprovados no concurso para servidores




O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) conta, desde segunda-feira (28), com dez novos técnicos ministeriais. Os servidores tomaram posse em cerimônia realizada na Secretaria Geral do MPPE e participaram, na manhã de hoje, de um treinamento de integração por meio de videoconferência.

“Cumprimos uma meta da nossa gestão que é a preservação do princípio do concurso público e preenchemos todos os cargos de técnico vagos no MPPE. Não poderemos realizar mais um concurso em 2021, em virtude da vedação da Lei Complementar 173/2020. Mas alcançamos um grande feito”, afirmou o procurador-geral de Justiça, Francisco Dirceu Barros.

O presidente do Sindicato dos Servidores do MPPE, Ronaldo Sampaio, expressou que a posse dos novos servidores foi recebida com felicidade. "Percebemos o compromisso da Instituição em trazer novos servidores concursados e vamos acompanhar todo esse movimento no sentido de fortalecer a atividade pública. É notório que estamos em um momento de campanhas difamatórias contra os servidores, que fazem um trabalho tão importante para a sociedade. E em relação aos dez que iniciam sua trajetória no MPPE, são pessoas que chegaram para fortalecer a Instituição", destacou.

A servidora Manaíra Freitas, que será lotada em Jaboatão dos Guararapes, definiu a posse como "um momento muito importante, não apenas para cada um pela luta de estudar e passar no concurso, mas por fazer parte de uma Instituição como o MPPE, que tem uma função tão relevante".

Já Lucas Maia Ávila, que será lotado no Cabo de Santo Agostinho, explicou que integrar os quadros do MPPE era um objetivo de vida alcançado. "Tomar posse no cargo hoje é uma alegria. Eu era servidor do Tribunal de Justiça, mas almejava atuar no Ministério Público. E hoje isso se realizou", comemorou.

O secretário-geral, promotor de Justiça Maviael de Souza, ressaltou que a posse dos servidores representa o cumprimento das metas de gestão. "Apesar do momento de crise e pandemia que estamos vivendo, conseguimos prover totalmente os cargos de técnicos e analistas ministeriais. Essa é uma prova da valorização da carreira de apoio administrativo da nossa Instituição", afirmou.

Postar um comentário

0 Comentários