Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Prefeito de Limoeiro solicita saldo da Câmara para comprar cestas básicas


O prefeito de Limoeiro, João Luís (PSB), pretende utilizar o saldo bancário da Câmara de Vereadores na compra de cestas básicas. O objetivo é contemplar as famílias mais afetadas pela pandemia do coronavírus. Nesta quinta-feira (2), ele informou que encaminhou um ofício ao presidente do Poder Legislativo, Juarez Cunha (DEM), solicitando o repasse. “Isso é perfeitamente legal”, garantiu o gestor. Ele revelou que a sugestão partiu de alguns vereadores da base e que aguarda o posicionamento do presidente.

“A Câmara tem recursos para diárias e ninguém está viajando. Estão proibidas viagens, proibidos congressos e, pela informação que tenho, este ano, ainda não houve esse gasto com viagens, por exemplo. E outro saldo que a Câmara possa ter, solicitamos ao presidente que envie para o município, logicamente vamos prestar conta disso. Os recursos que chegarem vamos transformar em cestas básicas. Seria uma colaboração grande de todos os vereadores”, comentou o prefeito.

Cadastro – De acordo com João Luís, a prefeitura, por meio da secretaria municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania, iniciou, nesta quinta, o cadastramento de trabalhadores informais (autônomos) que não sejam beneficiados por nenhum programa social. Em contato com a Rádio Jornal Limoeiro, o prefeito citou algumas categorias do público alvo: mototaxistas, "kombeiros", "toyoteiros", cobradores de Kombi, vendedores de lanche e feirantes.

O cadastro segue nesta sexta-feira (3) em três locais: sede da secretaria de Desenvolvimento Social (Avenida Santo Antônio), CDL (Rua Francisco Atelano) e ACIL (Avenida Severino Pinheiro). O atendimento acontece das 8h às 12h. Os interessados devem levar identidade, CPF, NIS e comprovante de residência. O chefe do executivo disse ainda que os cadastros serão analisados. Sendo aprovado, o trabalhador receberá a cesta básica.

Blog do Agreste

Postar um comentário

0 Comentários