Propaganda

Últimas Notícias

População Limoeirense partcipa de mesa redenda para saber mais sobre a nova data de Emancipação Política de Limoeiro




Aconteceu na noite desta sexta-feira (26) uma mesa redonda na Câmara Municipal de Limoeiro onde a população Limoeirense foi convidada a debater nova data de Emancipação Política de Limoeiro que passou de 06 de abril para 27 de julho. Na mesa redonda muitas pessoas aprenderam mais sobre o por que a data de emancipação foi alterada e quem veio explicar o assunto foi o Instituto Histórico de Limoeiro que a tempo vinha lutando para que a data fosse alterada. A Princesa do Capibaribe passou a ser considerada cidade no dia 27 de Julho de 1811 e por tanto Limoeiro tem hoje 218 anos de existência e não 108 como se pensava. Alguns vereadores se fizeram presentes no eventos para entender de perto todo o tema debatido. O vereador Marcos Sérgio foi quem fez as honras da casa e convidou os membros que compuseram a mesa. Dentre os presentes tivemos o ex-vereador, professor e advogado Doutor Barbosa, a
ex-vereadora e professora Inês Duarte e do escritor Sivaldo Venerando.

Ambos os citados fazem parte do
Instituto Histórico de Limoeiro. A rodada de conversa e explanação foi aberta com o Hino Nacional e seguiu com o Hino de Limoeiro e a apresentação da nova bandeira de Limoeiro com as duas datas histórias. O hino de Limoeiro foi tocado ao vivo pelo musico Limoeirense Bruno que tocou o saxofone lindamente e foi aplaudido de pé.  O Hino da Princesa do Capibaribe foi cantado por todos os presentes na CML e ao ser cantado o mesmo causou grande emoção em muitas pessoas. Em uma lembrança simbólica, o doutor Barbosa "se vestiu na pele" do Desembargador Doutor Clemente Ferreira de França o qual nomeou as primeiras autoridades de Limoeiro. Ao ler o discurso lido pelo desembargador a 208 anos atrás o doutor Barbosa representou bem a importância deste fato para a história e a emancipação de Limoeiro. Além do Doutor Barbosa, outros convidados também representaram as autoridades da época. 

O presidente do Instituto Histórico de Limoeiro, Sivaldo Venerando , falou da importância desta nova data para os munícipes desta cidade que tem agora mais de 2 séculos de existência. Sivaldo falou do empenho do Instituto em fazer uma pesquisa minuciosa e buscar fatos e documentos históricos que pudessem comprovar a real data de Emancipação de Limoeiro. Outra pessoa que falou aos presentes foi a professora Inês Duarte que contou um pouco da história de Limoeiro e todo seu desenrolar nestes seus 2018 anos de existencial. Ela falou desde a época dos índios até os dias atuais, passando por vários fatos históricos que envolveram Limoeiro. No ensejo das homenagens a Limoeiro, o Doutor Barbosa também foi homenageado por seus amigos, familiares e funcionários que contaram um pouco da história do homem que vendendo laranja se tornou advogado e vem fazendo de Limoeiro uma cidade de história contada por meio de seus livros e poesias. 

Foi por meio do empenho de Sivaldo que o instituto ficou mais organizado e pôde enfim ter a tão sonhada alteração de data realizada. O vereador José Higino também falou sobre esta data importante e criticou a tentativa de cancelar o feriado deste dia 27 de julho. Ele também criticou a não comemoração com festa dos 208 anos de Limoeiro. O vereador Luiz Antônio também discursou e elogiou o empenho de todos do instituto que lutaram para que a nova data fosse reconhecida. Quem encerrou a roda de dialogo foi o diretor da Câmara de Dirigente Logística de Limoeiro e secretário de Indústria e Comercio de Limoeiro, Nilo Queiroz, que em discurso agradeceu a todos por tamanho empenho em resgatar a história de Limoeiro e mostrar a real data de emancipação. No ensejo Nilo explicou um pouco mais sobre o feriado municipal deste sábado (27). Nas considerações finais o vereador Marco Sérgio agradeceu a presença de todos e reforçou que o evento é apartidário, ou seja, todos pelo bem de Limoeiro. O parabéns a Limoeiro não faltou e todos os presentes cantaram os parabéns a Limoeiro com muitas palmas. O evento durou cerca de 2 horas e quem foi saiu de lá repleto de conhecimento e um novo mundo a ser explorado.

*Foto Jair Ferreira

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.