Propaganda

Últimas Notícias

Médica crítica gestão de Limoeiro e dispara: "chega de votar nos imprestáveis"



Passada algumas semanas após deixar a direção do Hospital Regional José Fernandes Salsa (HRJFS) de Limoeiro, a médica Elisabete Oliveira tem utilizado suas redes sociais para publicar textos críticos e reflexivos. Com independência política, Elisabete tem focado a gestão pública municipal. Nesta sexta (24), ela enviou a redação do blog um texto classificando a administração do prefeito João Luís (PSB) como “ingovernabilidade” e emenda ao avaliar o gestor como “despreparado”.

Elisabete Oliveira também alerta para o futuro do município ao afirmar que alguns dos pré-candidatos a prefeito não demonstram capacidade de governar e desconhecem a realidade de Limoeiro.  “Enfim, só irei votar em quem tenha um plano de governo compatível com a receita e despesa de nossa cidade”, diz trecho do texto. Confira, na íntegra, a nota publicada pela ex-diretor do Regional:

"Os 50 tons de amarelo da ingovernabilidade de Limoeiro

Se têm orelhas de coelho, pelo de coelho, focinho de coelho, somente pode ser coelho. Jamais será jacaré. A nossa gestão municipal atual têm as orelhas de ingovernabilidade, têm pelo de ingovernabilidade e focinho de ingovernabilidade, então é uma cidade ingovernável, com gestão inoperante. E por falar em animais, é mais fácil encontrar uma girafa em Limoeiro, do que uma atitude administrativa eficiente. Seus atos são irrelevantes que NÃO melhoram a nossa cidade.

Votamos em um gestor sem plano de governo, sem saber como gastar os recursos públicos, com a máquina pública inchada de pessoas por indicação. Votamos sim em um despreparado.

Nesses dias conversei com alguns pré- candidatos a prefeito de Limoeiro e durante as conversas percebi o total desconhecimento destes possíveis candidatos com relação a receita do município, às despesas do município, a frota de carro, o número de crianças na escola, o número de merenda escolar que o município proporciona por dia, o valor da folha de pagamento do funcionalismo público municipal.

Conversei bastante com eles e disse que os mesmos têm que se preparar, estudar o município para aplicar bem às receitas, avaliar cortes de despesas desnecessários. Enfim, só irei votar em quem tenha um plano de governo compatível com a receita e despesa de nossa cidade. CHEGA DE VOTAR NOS IMPRESTÁVEIS". 

Blog do Agreste

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.