Propaganda

Últimas Notícias

LBC junto com a galera do Clube da Bike fazem um pedal rumo a Acerolândia na cidade de Paudalho



Bom dia, boa tarde ou boa noite, onde quer que você esteja sinta-se abraçado por nós que fazemos o LBC. Neste Diário de Bordo de hoje (10) vamos falar de superação e de um pedal com 97,5 KM de muita emoção, adrenalina e muitas risadas. A galera do Clube da Bike Limoeiro fez um convite aos membros do Limoeiro Bike Clube para que juntos fossem até a cidade de Paudalho, mais precisamente até a Acerolândia, local onde os visitantes aproveitam para degustar coxinhas, pasteis, broas e outras especialidades da casa acompanhado sempre de um bom suco e dentre eles o de acerola que dá nome ao lugar. A galera junta e com vontade de pedalar saiu de Limoeiro às 05 horas da manhã via PE-90 em um ritmo muito confortável. Na PE-90 eles passaram pela reta das oficinas, seguiram por Gameleira, passando pelo Clube de campo e seguindo até Lagoa do Carro, onde estava a espera mais um ciclista. Após todos se reunirem o pedal seguiu pela Chã de Ventena, Engenho Apuá,Chã de Santana, até desemborcar na BR 408. 

Em meio a estes locais muitas aventuras acontecerem e dentre elas a travessia por uma micro passagem molhada, onde os ciclistas com sua bike tiveram de atravessar essa local. Foi justamente nele que um dos ciclistas caiu e acabou empenando o aro traseiro de sua bike, além de deslocar o ferro da sela de sua gloriosa bike. A queda foi motivo de risos, foi foi bastante engraçados e saiu até um grito de faz de novo para gente poder filmar. Enquanto tentavam dar um jeito na bike o restante do grupo passava as bikes por sima da cerca na intenção de adiantar o pedal, afinal ainda faltava muito chão até o destino programado que era a Acerolândia. Após contornarem os problemas e conseguirem um mecânico de bike, a turma seguiu rumo a usina Petribu, por onde passariam bem rápido, pois não se pode entrar lá sem ser anunciado ou ter permissão de alguém. Ao sair da usina a galera seguiu via pela entrada da PE-40, mas logo voltaram a BR 408 onde passaram perto de São Severino dos Ramos e seguiram até Paudalho. 

Entre uma subida e outra a galera seguia pedalando ao som de sucessos internacionais da cainha JBL que foi a companheira do pedal dos meninos. Depois de subir e descer, afim os bikeiros chegaram até a Acerolândia e lá pararam por cerca de 1 hora para descansar e repor as energia, afinal eles estavam com 53 KM pedalados e faltava cerca de 42 KM. Na hora de voltar a turma se dividiu e uns seguiram pela BR enquanto outros foram pela Matinha e outros lugares conhecidos de Paudalho. Os que vieram pelo asfalto aproveitaram as boas decidas que chegavam a mais de 50 KM/H com a bike quase que tremendo devido a velocidade alta e o asfalto com suas irregularidades que lhe é peculiar. Os 42 KM foram contornados com exito e com cerca de 7 horas de pedal a turma deu essa aventura por encerrada. Para uns foi mais um pedal como tantos outros, para outros momentos de pura superação, afinal não é todo dia que se pedala 97 KM. Assim ficou registrado mais um pedal do LBC. Até domingo se assim deus nos permitir. Vale lembrar que os outros membros do grupo fizeram um pedal mais leve pelo interior de Limoeiro mesmo com turma que não seguiu para o outro pedal que era a Pedra do Navio.

Confira fotos deste pedal em nossa Página no Facebook por meio deste LINK














Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.