Propaganda

Últimas Notícias

Microsoft Andromeda OS e a evolução do Windows Phone



Vamos falar sobre o Plano A da Microsoft na atual gestão Satya Nadella, antes, muitos imaginavam qual seria o Plano B caso se o Windows Phone não desse certo, para Nadella, só existe um único plano. Deixando a era Steve Ballmer de lado, vamos entender onde a Microsoft quer chegar com seus dispositivos móveis. Hoje, 19, saíram novas informações sobre o Andromeda e que nós detalharemos um pouco mais sobre isso. A Microsoft quer mesclar todas as versões separadas do Windows em um sistema operacional unificado, isso foi revelado um ano antes do lançamento do Windows 10 em 2015. Satya Nadella disse durante uma entrevista (e tem reintegrado isso até no mês passado) que “nós racionalizaremos a próxima versão do Windows de três sistemas operacionais separados em um único sistema operacional convergente” [fonte]. Isso é exatamente o que hackers estão observando no código das versões atuais do Windows 10. Nadella não está brincando.

Detalhes sobre como e quando a Microsoft vai simplificar os três principais sistemas operacionais (Windows, Windows Phone e Xbox) um único sistema operacional para todos os tamanhos de tela faltaram até recentemente. A Microsoft ainda oferece suporte e atualizações das edições diferentes separadamente e apesar de todas as edições serem baseadas em um núcleo Universal, são projetos diferentes. Mas em 2017, aprendemos que a gigante do software pretende trazer o Composable Shell para todas as versões do Windows – nós o chamamos abreviadamente de CShell. Esta Composable Shell irá incluir submódulos separados que fornecem diferentes adaptações na experiência Windows dependendo da forma do dispositivo ou do tamanho da tela.

Com o codinome ‘Andromeda OS’, esta evolução do Windows 10 irá proporcionar uma experiência semelhante em todos as formas de dispositivos, mas mais importante, permitirá que a Microsoft ofereça suporte e atualizações para todos os dispositivos ao mesmo tempo. Graças a nova “Composable Shell” para Windows 10, o sistema operacional irá adaptar-se ao dispositivo em tempo real. Importante, o Composable Shell é esperado aumentar significativamente a funcionalidade de Continuum do telefone, fornecendo um ambiente de desktop mais avançado como incluindo janelas redimensionáveis, barra de tarefas e muito mais.

Andromeda OS, a versão híbrida do Windows 10 para todos os dispositivos, eventualmente chegará aos dispositivos com Windows 10 Mobile nas próximas gerações de dispositivos móveis. Mas a Microsoft continua atualizando os aparelhos, inclusive é esperada que a Redstone 3 chegue aos smartphones após o mês de setembro.

A transição para a nova categoria de dispositivos: De acordo com o Windows Phone Area, a Microsoft está planejando fazer tal transição em quatro passos principais que levarão o sistema móvel atingir o OneCore propriamente completo. Estamos atualmente ainda na fase 1 com dispositivos móveis tradicionais, executando o sistema operacional móvel – Windows 10 Mobile. Na fase 2, introduzirá o OneCore e smartphones com telas única (smartphones tradicionais) – pode ser o “Celular PC”, inclusive.

No estágio 3 introduzirá o Andromeda para dispositivos não-tradicionais como 2-em-1, enquanto a fase 4 não só marcar o fim da longa transformação, mas também coincidir com um codinome de dispositivo secreto de tela dupla chamado ‘Andromeda’, que pode ser o aguardado Surface Phone. Isso não vai de encontros com os rumores afirmam que tal dispositivo híbrido chegue no final de 2017 ou início de 2018, pois aos outras fases estão sendo desenvolvidas pela Microsoft há anos.

Como você poderia esperar, Andromeda OS será executado em processadores ARM e ou Intel/AMD. Já que a Microsoft anunciou que o Windows 10 funcionará em processadores típicos de smartphones. Dispositivos ARM futuros serão capazes de executarem todos os apps UWP publicados na loja, incluindo Win32 que são convertidos em UWP usando o Projeto Centennial. A ideia final é que o “smartphones do futuro” possa se usado como PC real, com ou sem Continuum, ou seja, com ou sem uma tela externa.

O Andromeda OS, a grosso modo, seria uma fusão entre o Windows Phone e o Windows 10 com adaptações na interface para que tudo funcione nos conformes, seja utilizando tais aparelhos como smartphones ou como PCs completos. Além disso, ele será mais valioso para dispositivos híbridos, inclusive dispositivo com o Surface Pro (2 em 1), mas seu ponto principal realmente é estar atrelado ao nascimento do Surface Phone. O Andromeda tem evoluído muito nas últimas builds do Windows 10 Redstone 3, e é justamente por isso que esta matéria foi feita, vamos ter falar mais sobre isso daqui para frente.

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.