Últimas Notícias

Vereadores de Limoeiro questionam transferência de escola para Lagoa do Carro



A transferência do domínio da Escola Municipal João Teobaldo, localizada na Comunidade de Campo Grande, foi uma das pautas mais debatidas na tarde dessa terça-feira (7), durante reunião da Câmara Municipal de Limoeiro. Desde a fundação, a unidade escolar pertence ao município de Limoeiro, mas segundo relatório do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a área territorial passou a ser do município de Lagoa do Carro. No último domingo (5) uma reunião “bateu o martelo” da transferência. Participaram do encontro a prefeita de Lagoa do Carro, Judite Botafogo (PSDB), o secretário de Educação de Limoeiro, Robério Melo, além de vereadores das duas cidades e lideranças comunitárias.

Integrante da bancada de oposição, o vereador Roberto Galvão (PSD) reconheceu a existência do documento do IBGE, mas lamentou a falta de transparência do acordo entre os dois governos. “Fiquei sabendo da reunião através dos moradores. Em nenhum momento o Poder Legislativo foi consultado ou convidado para o debate”, disse Roberto. No plenário, o parlamentar questionou a administração: “Como pode a escola passar a ser de Lagoa do Carro, mas os professores e o transporte continuar sendo pago por Limoeiro este ano? É algo, no mínimo, duvidoso. Isso sem falar que todas as benfeitorias feitas lá, como eletrificação, campo de futebol, praça, caixas de água foram realizadas por Limoeiro”. O vereador Jairo do Cedro (PSB), que integra a situação, também não concordou com a situação. Ele revelou que o prefeito João Luís não sabia da reunião e classificou o acordo de “mal ensaiado”. 

Outro vereador da base que também questionou a transferência foi Zé Higino (PP). O advogado disse que um processo tramita na Comarca de Carpina e que não há nenhuma decisão judicial. Ele também alertou que Lagoa do Carro foi desmembrado do território de Carpina. “E como agora teria que ganhar parte da nossa área? Acredito que a justiça vai determinar uma nova perícia”, enfatizou Higino. O vereador Jairo ainda alertou que na reunião, Judite Botafogo citou a possibilidade dos sítios Ilha dos Leões e Guia também passarem para o domínio de Lagoa do Carro. “Desse jeito vamos perder Limoeiro todo”, pontuou. Já o vereador Ronaldo Morais (PT do B) lembrou que o mesmo problema vem acontecendo com o Sítio Salobro, tendo na disputa pela área o município de Salgadinho. A nossa reportagem tentou ouvir o secretário Robério Melo, mas ele disse que no momento não iria se manifestar. No próximo sábado (11), às 14h, haverá uma nova reunião na escola.

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.