Propaganda

Últimas Notícias

Igreja Renascer em Cristo presta nota de esclarecimento em matéria vinculada no site UOL e replicada no Coisas da Vida

Foto internet


Nossa reportagem recebeu por meio da assessoria de imprensa da Igreja Renascer um e-mail com uma nota explicado a matéria que foi inicialmente publicada neste dia 14 de maio pelo site da UOL na Coluna Ooops e replicada por nós do Coisas da vida e a mesma veio de público explicar o que aconteceu de fato na matéria. Veja abaixo a nota na integrar:


Segue nota de esclarecimento sobre a matéria publicada ontem (14/05) na coluna Ooops! – UOL e retransmitida pelo Blog Coisas da vida.

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Igreja Renascer em Cristo informa que o Projeto Gideão da Conquista está ativo há mais de 20 anos e nunca teve fins lucrativos. Voltado para o auxílio de obras assistenciais que atendem, sobretudo, crianças e dependentes químicos, acaba de firmar parceria com a seguradora Mongeral Aegon.

Essa parceria foi alvo de matéria difamatória publicada pelo portal UOL. A igreja esclarece que sequer foi procurada pelo UOL para checar qualquer informação. O portal publicou inverdades, a começar pelo título da matéria em que diz que igreja ‘cria dízimo com seguro e sorteio pela Loteria Federal’. Em nenhum momento a igreja vinculou essa parceria ao dízimo que, de acordo com a Bíblia e sua profissão de fé, é sagrado.

Entre os programas sustentados pelo projeto Gideão estão o Núcleo Heliópolis, que atende cerca de 150 crianças em idade escolar, e os centros de recuperação para dependentes químicos masculino e feminino.

Por meio do acordo com a Mongeral, todos os participantes do Gideão da Conquista, pessoas que voluntariamente contribuem para a manutenção dessas obras, terão direito a um seguro de vida e concorrerão a prêmios mensais pela Loteria Federal.

A matéria do UOL não cita o Projeto Gideão da Conquista e ainda acusa a igreja de ‘tirar’ dinheiro dos fiéis, uma acusação gravíssima, já que toda e qualquer doação à igreja é voluntária. Também se contradiz ao dizer, posteriormente e na mesma nota, que essa doação ‘NÃO FAZ PARTE’ do dízimo, e ainda volta a afirmar que a igreja obriga seus membros a entregar quantias em dinheiro na proporção de 10 a 30% de seus ganhos, outra difamação. Reiteramos que o veículo não teve o cuidado de ouvir nenhuma das partes envolvidas.

Expressamos nossa indignação contra esse tipo de jornalismo difamatório, claramente persecutório e sensacionalista e nos colocamos à disposição de qualquer órgão de imprensa para novos esclarecimentos sobre o Projeto Gideão da Conquista.

Assessoria da Igreja Renascer em Cristo


Tendo em vista as explicações do fato fica anotado a idoneidade e a bela obra realizada pela instituição. Nossa reportagem não tem nada contra a igreja e até aprova o projeto e sempre deixará aberto o espaço para que todos possam usá-lo em pro de um bem maior que é o ser humano.

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.