Propaganda

Últimas Notícias

Artes cênicas // Prazeres Barbosa ganha biografia‏



Artes cênicas // Prazeres Barbosa ganha biografia - DIÁRIO DE PERNAMBUCO DE HOJE DIA 23 DE SETEMBRO


Prazeres Barbosa é daquelas pessoas que correm atrás de seus objetivos. Prestes a completar 61 anos, no dia 2 de outubro, ela garante que se sente como se tivesse apenas 16. Há três anos morando no Rio de Janeiro, onde é contratada pela Rede Globo, Prazeres venceu o preconceito depois de ter ingressado tardiamente na carreira de atriz. Começou nas artes cênicas aos 39 anos, depois de 25 anos trabalhando como professora em Caruaru, sua cidade natal. É lá, onde veio passar a semana e rever parentes e amigos, que será lançada sua biografia, no Teatro Rui Limeira Rosal, do Sesc, hoje, às 19h. Prazer em conhecer, escrita pelo jornalista Fernandino Neto e editada pela Bagaço, conta um pouco da trajetória de batalha de Prazeres, que estará no filme Tropa de elite 2, a ser lançado em outubro; no seriado Afinal, o que querem as mulheres?, dirigido por Luiz Fernando Carvalho e na próxima novela das sete da maior emissora do país, na pele de Durvalina. "Faço parte do núcleo da família do gerente do banco. Deve ser uma nordestina, pois nunca ninguém exigiu que mudasse meu sotaque", conta.

O livro também será lançado amanhã no Galpão das Artes, em Limoeiro, e no sábado, no Sesc Garanhuns. Em outubro, Prazer em conhecer deve chegar ao Recife e a Arcoverde. "Estou me preparando para a homenagem como se fosse para uma estreia. Do mesmo jeito, iria visitar uma amiga de infância para a gente comer pirão juntas", compara a atriz, com a simplicidade de quem veio do interior do Nordeste e soube vencer as adversidades.

Até chegar às 280 páginas do livro, Fernandino Neto perdeu as contas de quantas vezes entrevistou Prazeres. "Tenho mais de 50 fitas gravadas", contabiliza o jornalista. O livro tem 30 páginas dedicadas às fotografias. "O livro traz aspectos sobre a minha pessoa que os outros desconhecem", confessa Prazeres, que construiu um teatro para 150 pessoas em Caruaru. "Estamos vendo se o espaço será tocado pela Fundação de Cultura, oferecendo cursos de artes", adianta.
Jornalista Tatiana Meira - Caderno VIVER / DIÁRIO DE PERNAMBUCO

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.