Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Aegea Saneamento e Brasol, empresa com capital Siemens, inauguram quatro usinas de energia fotovoltaica no Oeste Solar Parque, em Cuiabá



Aegea e Brasol anunciaram hoje a entrega de quatro usinas solares no Oeste Solar Parque que vão atender ao consumo energético das operações da Aegea em Cuiabá, Mato Grosso. A Aegea é líder no setor privado de saneamento básico no Brasil. A Brasol - que conta com a participação de 49% da Siemens - atua com geração distribuída fotovoltaica no modelo “energia como serviço” (em inglês, “Energy as a Service”, ou EaaS).

“Para o cliente, a geração limpa é apenas parte do quebra-cabeça. Há uma grande oportunidade de auferir e analisar os dados gerados durante a operação das usinas e transformá-los em amplo valor ambiental, social e econômico”, diz David Taff, diretor de investimentos no Brasil da Siemens Financial Services e conselheiro da Brasol. A parceria das empresas se insere dentro da estrutura DEGREE da Siemens, um acrônimo, em inglês, para as palavras descarbonização, ética, governança, eficiência de recursos, equidade e empregabilidade. Sob essa direção, a companhia quer fortalecer seu compromisso de apoiar a transformação da sociedade pela tecnologia.

O loteamento de geração distribuída fica localizado no km 9 da Estrada da Guia, em Cuiabá, e tem 200 hectares. As usinas de Águas de Poconé, Águas de Primavera, Águas de Sinop e Águas de Campo Verde, concessionárias Aegea no Mato Grosso, foram conectadas no dia 30 de março e estão aptas para o funcionamento. Estima-se que a geração será de 2,6 milhões de quilowatts anuais, equivalente ao consumo de energia de cerca de 1.500 residências brasileiras.


Brasol e Aegea assinaram contrato na modalidade EaaS em agosto de 2021, onde a Brasol se comprometeu a investir 100% do capital (R$ 50 milhões), assegurando economia nos custos de energia. Hoje, a Brasol prevê a aplicação do modelo de negócio EaaS para uma ampla gama de projetos da Siemens, além de proporcionar economias importantes e outros benefícios a grandes consumidores comerciais e industriais de energia. Junto com a entrega de mais usinas fotovoltaicas este ano (Mato Grosso, Rio de Janeiro e Amazonas), as empresas estão explorando outras parcerias, incluindo a aplicação dos sistemas de monitoramento inteligente da Siemens Smart Infrastructure para trazer maior eficiência em todas as operações da Aegea.
 
"Este foi um projeto diferenciado para nós", diz David Betancur Gomez, COO da Brasol, cuja equipe supervisionou a implementação do projeto. "Reunimos quatro líderes do setor - Aegea, Siemens, Oeste Solar e Brasol - para criar um exemplo de classe mundial de energia solar inteligente". A compensação estimada de carbono será de 2 mil toneladas por ano.

A adoção de energia solar pela Aegea marca uma tendência crescente entre empresas líderes que optam por fontes de energia renováveis (limpas) como estratégia de proteção contra o aumento do custo da energia elétrica e para atender às metas corporativas de sustentabilidade. A líder em saneamento privado também continua empenhada em melhorar a qualidade de vida das comunidades em que atua, inclusive por meio da integração de energias que vêm de recursos naturais.

“A Aegea têm avançado em sólidas parcerias e já possui cerca de 50MWp (megawatt-pico) de projetos de geração distribuída em operação e implementação em nove estados do Brasil. Desta forma, seguimos atuando para atender às nossas demandas energéticas com alternativas sustentáveis e inteligentes, em linha com as políticas de sustentabilidade da companhia na busca por contribuir de maneira ativa para a qualidade de vida e a saúde da população onde atuamos”, diz Emerson Santana Rocha, Gerente de Gestão de Energia e Eficiência Energética da Aegea Saneamento.

Para Tiago Vianna, diretor da Oeste Solar, empresa que trabalha com empreendimentos comerciais e do agronegócio, além de oferecer serviços de assessoria em finanças, legislação, software e automação, a parceria com a Aegea Saneamento, Brasol Soluções Energéticas e Siemens significa que “investir em energia renovável é uma das formas de tornar o negócio sustentável. Por serem fontes energéticas limpas, que não emitem gases tóxicos para a atmosfera, elas contribuem — e muito — para a preservação na natureza.”

Postar um comentário

0 Comentários