Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Startup NexAtlas encerra 2021 com mais duas premiações



A NexAtlas, plataforma de planejamento de voos e navegação aérea off-line para pilotos da aviação geral, comemora os excelentes resultados de 2021, que se encerrou com “chave de ouro”. Em dezembro, recebeu duas premiações: foi a vencedora da primeira edição do Prêmio Vortex 2021, na categoria Startup Influencer, e TOP 3 do programa Santander X Brazil Award, o que lhe garantiu um incentivo financeiro no valor de R$ 50 mil e a oportunidade de representar o Brasil no Santander X Global Award. No evento, participarão projetos de seis países (além do Brasil, Argentina, Chile, Espanha, México e Reino Unido).

Para a fundadora e CEO da NexAtlas, Ana Raquel Calhau, os reconhecimentos têm grande relevância, pois valorizam o trabalho realizado por toda a equipe. “Fechamos com grande alegria 2021, ano em que passamos por grandes desafios, que serviram para engajar e amadurecer o nosso time e a nossa estratégia. Entre os muitos marcos, estão várias entrevistas e reportagens que ajudaram a difundir nosso trabalho no mercado, além da nossa participação na Aviatrade 2021, depois de quase dois anos de espera por um evento aeronáutico”, destaca.

Na Aviatrade, no ano passado, foi possível ampliar o relacionamento com diversas pessoas do setor. E, principalmente, aconteceu a apresentação, em primeira mão, do aplicativo desenvolvido pela NexAtlas com o apoio do programa Samsung Creative Startups. “Agora, recebemos essas duas premiações, que nos estimulam ainda mais a seguir trabalhando para tornar a atividade dos pilotos cada vez mais prática e segura”, completa Ana Raquel.

O Vortex 2021 é uma premiação nacional do ecossistema empreendedor universitário, promovido por associações estudantis sem fins lucrativos, para fomentar a comunidade empreendedora local. Por meio de 22 categorias diferentes, teve como objetivo conectar pessoas de todas as regiões e levar mais visibilidade para as ligas, centros ou núcleos de empreendedorismo, startups, empreendedores, professores e trabalhos de conclusão de curso. A NexAtlas foi premiada como Startup Influencer, categoria escolhida por votação popular, para eleger a startup fundada por membro ou ex-membro de liga com o maior número de votos.

Já o Santander X Brazil Award é um programa de empreendedorismo que fomenta, com prêmios em dinheiro e mentoria, startups de universitários em estágio inicial ou já consolidadas. Lançado com foco em apoiar o empreendedorismo brasileiro, é composto por duas categorias principais: a Launch, para universitários ou pós-graduados nos últimos cinco anos, que desejam apresentar sua ideia inovadora e conhecerem o universo do empreendedorismo, e a Accelerate, direcionada a startups formadas por universitários ou incubadas que desejam apresentar sua empresa e alavancar seu negócio.

Ao todo, foram mais de 100 startups selecionadas na primeira etapa, e a NexAtlas – com seu aplicativo que permite a pilotos de aviões e helicópteros visualizar cartas e mapas aeronáuticos, traçar rotas, calcular combustível e tempo estimado de voo, verificar informações de aeroportos e meteorologia e visualizar navegação passo a passo off-line – foi relacionada entre as 10 melhores soluções do país para a final, com uma banca de jurados.

Após um período de apresentação das ferramentas, o resultado da premiação foi divulgado no perfil Santander Universidades Brasil, e a NexAtlas garantiu a terceira colocação. “Foi uma grande experiência. Estamos honrados por ficar no TOP 3, dentre tantos projetos incríveis. Agora daremos nosso melhor para representar o Brasil no Global Award”, comemora Ana Raquel.

Sobre o BMG UpTech
Corporate venture do Grupo BMG – um dos maiores e mais importantes grupos empresariais do país – com foco na inovação. Basicamente, o BMG UpTech identifica as startups cujos negócios sejam viáveis, investe no seu desenvolvimento e as coloca em contato com o mercado, ou seja, com possíveis compradores das soluções. A empresa já realizou mais de 800 investimentos em startups no Brasil e Estados Unidos, juntamente à Bossa Nova Investimentos, companhia de microventure capital da qual é sócio.

Postar um comentário

0 Comentários