Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

INPI e Assespro-PR oferecem Programa de Mentoria em Propriedade Industrial



Profissionais de instituições de ciência e tecnologia e, também, aqueles que atuem em startups na modalidade pública de financiamento poderão participar do Programa Piloto de Mentoria em Propriedade Industrial (PI). A notícia foi dada durante a última participação deste ano do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), em parceria com a Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação no Paraná (Assespro-PR), no Ciclo de Palestras.

Rodrigo Araújo, chefe da divisão regional do INPI no estado, foi o último convidado do Ciclo de Palestras. Ele apresentou a dinâmica do Programa e garantiu: o curso é gratuito, amplo e tem como objetivo a proteção das patentes. “Nem todos sabem usar o sistema de PI em sua plenitude. E é aí que entra o Programa de Mentoria. O mentor orienta os profissionais, tirando o máximo que a PI pode oferecer, ensinando sobre o correto uso do sistema e de suas ferramentas, evitando falhas ao longo do processo. Assim, a inovação fica protegida”, destacou.

Rodrigo Araújo e Cleiton Sacoman, no último encontro do Ciclo de Palestras de 2021

Entenda a proposta

Conforme Araújo, poderão participar do Programa profissionais de empresas, incluindo startups e instituições de ciência e tecnologia com projetos de pesquisas que façam uso de modalidades públicas de financiamento ou que sejam fomentados por instituições com as quais o INPI mantém Acordo de Cooperação Técnica ou demais formas de parceria. As sessões de mentoria serão conduzidas gratuitamente e de maneira remota (enquanto houver restrições para a pandemia da Covid-19) por um período de até seis meses. Os mentores serão os profissionais do INPI com pelo menos três anos de experiência em PI.

“No Programa, será ofertada orientação voltada para a expansão do uso do sistema de PI, com foco na área de patentes. O Programa pressupõe flexibilidade na fixação do tempo destinado a cada mentoria, pois suas ações dependerão do escopo determinado no plano de trabalho e da quantidade de atividades de disseminação e orientação destinadas ao atingimento dos objetivos estabelecidos”, explicou o profissional.

O Programa tem três etapas. Na primeira, acontece a seleção de projetos, é quando empresas e entidades parceiras validam nomes para a participação. A Assespro-PR é uma das entidades facilitadoras nesta etapa. “Somos parceiros estratégicos e estamos abertos para ajudar as empresas que se enquadrem nos requisitos para participar do Programa”, adiantou o vice-presidente jurídico da Associação, Cleiton Sacoman.

Na segunda fase, o mentorado passa pelo nivelamento, quando aprende o básico para dar sequência à próxima etapa. Neste momento, os candidatos aprendem mais sobre desenho industrial, patente e outros termos e comandos do universo do registro. A segunda fase tem duração de 20 horas, garante certificado e é um passaporte para a terceira e final etapa.

“A mentoria é quando o mentorando tem reunião com seu mentor, onde as expectativas estarão registadas e será construído um plano de trabalho para nortear todos os encontros do programa. O plano não é escrito em pedra, portanto, pode ser alterado”, disse Araújo.

O Programa de Mentoria é para empresas ou profissionais que já tenham ideias em desenvolvimento. Como redigir um pedido de patente, buscar anterioridades e acessar ferramentas de PI são alguns dos temas que serão abordados. A capacitação será realizada em 2022.

Os registros são importantes para que as pessoas ou as empresas tenham poder e exclusividade sobre seus produtos e inovações. Por isso, é preciso entender o que é registro de marca e de patente e saber os caminhos para se obter cada um deles. Vale lembrar que qualquer pessoa poder fazer o pedido junto ao INPI, dispensando “atravessadores”.

Serviço

Para saber mais sobre o Programa de Mentoria, procure a Assespro-PR no site https://www.assespropr.org.br/. Outras informações também no site do INPI https://www.gov.br/inpi/pt-br

Postar um comentário

0 Comentários