Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Evento apresenta desenvolvimento da Internet das Coisas (IoT) na região de Campinas



Apontada como um dos pilares da transformação digital, a Internet das Coisas (IoT) superou muitos desafios tecnológicos iniciais associados à coleta dos mais diferentes dados e o transporte destas informações até um ponto central onde possam ser trabalhadas. O que vem sendo feito nessa área será apresentado no dia 11 de novembro, às 16h, no painel “IoT na Transformação das Cidades e dos Negócios”, na 8ª edição do Inova Trade Show, um dos mais relevantes eventos de inovação. O evento começa no dia 10, é gratuito e será realizado online. Informações e inscrições estão disponíveis no site https://inovatradeshow.com.br.

A proposta do Inova Trade Show é promover e apresentar o que é desenvolvido na região de Campinas e o que faz da cidade um importante polo de ciência, de tecnologia e de inovação no Brasil. Nos dois dias de evento, a programação prevê o compartilhamento de experiências e do que vem sendo desenvolvido nas mais relevantes instituições de ensino e pesquisa do país. Será também apresentado o universo das empresas nascidas na região e que, hoje, promovem a inovação no país e no exterior, além do papel das startups neste cenário.

O diretor da FITec, José Luiz Malavazi, coordenará o painel “IoT na Transformação das Cidades e dos Negócios”, no qual os participantes apresentarão casos reais de aplicação desta tecnologia e os desafios para a sua implementação em larga escala. A própria FITec mostrará um case real da aplicação da IoT na agricultura. Além da FITec, participarão das apresentações e dos debates empresas e institutos de pesquisas como a Nokia, o CPqD – Centro de Pesquisas e Desenvolvimento - e a Wernher Von Braun. Os debates serão conduzidos pela jornalista Vanessa Sensato.

“O desafio, agora, com a chegada do 5G, consiste na transformação do grande volume de informações geradas a partir da IoT em aplicações realmente efetivas para a melhoria dos ambientes urbanos, rurais e corporativos nos mais diferentes setores”, explica José Luiz Malavazi.

Postar um comentário

0 Comentários