Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Especialista alerta para a relação entre chikungunya e obesidade



Doença pode ser mais grave em pacientes com sobrepeso.

A chikungunya é uma doença endêmica em Pernambuco, só  entre janeiro e julho deste ano o estado registrou um aumento de mais de 400% nos casos da arbovirose, segundo a Secretaria de Saúde do Estado. Um dos seus principais sintomas são as dores nas articulações, a chamada artrite crônica da Chikungunya. 

A associação entre obesidade e problemas articulares é historicamente conhecida devido à sobrecarga nas pernas e articulações, já sendo muito comum dores e inchaços nessas regiões. Quando associado a quadros que causem artrites agudas ou crônicas, os sintomas podem ser potencializados, chegando a dificultar ou impossibilitar a realização de atividades diárias, como caminhar. “Qualquer quadro que piore este cenário de sobrecarga e dores articulares agrava ainda mais essa situação já delicada. Por outro lado, o uso crônico de corticóides, muito comum na artrite da chikungunya, também pode contribuir com o ganho de peso.  Um terceiro aspecto a ser levado em consideração é a dificuldade em realizar atividades físicas na vigência da artrite, piorando a situação da obesidade e do controle de peso.” Alerta o cirurgião bariátrico Sérvio Fidney, chefe do serviço de Cirurgia Geral e Bariátrica do Hospital Agamenon Magalhães e cirurgião da equipe do Real Hospital Português e do Hospital Jayme da Fonte.

A chikungunya é uma doença causada pelo vírus CHIKV, transmitido pela picada dos mosquitos Aedes aegypti e Aedes albopictus. Apresenta sintomas como febre, dores de cabeça, pele avermelhada e um quadro clínico de artrite, com inchaço e dores articulares.

A artrose é uma doença comum entre pessoas obesas,  causa desgaste nas articulações e costuma estar associada a dores, inchaços e limitação dos movimentos. Acomete frequentemente os tornozelos, joelhos, quadril e coluna, dificultando a realização de atividades diárias. A artrite da chikungunya é uma doença que afeta diretamente as articulações tornando-se um agravante para o quadro clínico de um paciente com sobrepeso.

 Em pacientes obesos, o perigo desse sintoma relacionado a chikungunya é ainda maior. A maioria deles já apresentam dores articulares, fazendo com que as lesões existentes se agravem ainda mais com a doença. A melhora do quadro clínico do paciente pode ser ainda mais lenta e os problemas podem persistir por anos. Para evitar esses e diversos problemas relacionados ao sobrepeso e obesidade, é necessário fazer o acompanhamento com um médico especialista. Em alguns casos, a cirurgia bariátrica é o mais indicado para o controle do peso e consequentemente melhorar a qualidade de vida do paciente

Postar um comentário

0 Comentários