Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Galera do Pedal faz trilha massa a Serra da Passira



Bom dia, boa tarde ou boa noite, onde você estiver sinta-se abraçado por todos nós que fazemos o Limoeiro Bike Clube. Hoje me nossa edição do Diário de Bordo vamos contar as aventuras de uma galera que resolveu fazer uma pedal diferente, pedal que mistura ciclismo e caminhada na montanha. O habitual horário das 05 e 30 deu lugar ao das 05 da manhã em outro lugar que não foi a Praça da Bandeira. O encontro marcado foi em um Posto de Gasolina e na galera apenas um membro do LBC, pois o restante era tudo novo na arte de pedalar. O grupo se dividiu em duas partes, uma foi de moto e a outra de bike, afinal tudo nesta trilha era diferente e único, igual o blog Coisas da vida do Márcio Wanderley. A PE-95 foi o caminho escolhido pelos ciclistas e motociclistas para dar inicio ao pedal. O clima ameno e sem aquele sol escaldante ajudou na ida do pedal que foi tranquilo pela PE-95. Alguns KMs depois a galera seguiu por Tamanduá da Passira pegando estradão já avistando a Serra que foi o local escolhido por todos.

Parada para fotos não faltou, mas o mais aguardado era o ponto mais alto da serra e lá sim eles tiraram muita, mas muita foto mesmo. Antes de subir a serra eles passaram por vários locais de clima seco e paisagem devastada pelo calor e o mormaço. O entra e fecha de porteira não faltou neste pedal e foi neste clima que eles chegaram aos pés da serra e lá guardaram suas bikes e se prepararam para subir a pé uma das serras mais faladas do interior de Pernambuco. A subida não foi nada fácil e os obstáculos foram grandes, mas  a vontade de prestigiar um visual deslumbrante lá de cima foi ainda maior e por isso eles continuaram a subir até chegar ao topo da serra. Realmente todo sacrifício valeu a pena, pois lá de cima é tudo muito lindo e a galera aproveitou ao máximo todo o tempo que por lá permaneceram.

A volta foi um pouco mais complicado por conta de terreno ser cheio de armadilhas que a própria mãe natureza preparou. Um quase escorregão aqui, um segura no mato ali, um desce devagar aqui, assim foi o clima da descida da serra que garantiu muita adrenalina a todos. Após descer a Serra a turma pegou suas bikes e voltaram para casa enfrentando um sol mais forte que o do começo da pedalada. Subidas e descidas não faltaram neste pedal e isso garantiu fortes emoção aos ciclistas que deram tudo de si nesta trilha super bacana. Entre mortos e feridos salvaram-se todos, foi com essa frase épica que a turma deu por encerrado este pedal. Assim ficou registrado mais uma trilha massa dos meninos e meninas do LBC. Tenham todos uma excelente semana e até nosso próximo pedal.

Postar um comentário

0 Comentários