Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Planejamento, reestruturação e ações marcam os 100 dias da gestão Orlando Jorge





Como forma de prestação de contas aos munícipes, o prefeito de Limoeiro, Orlando Jorge, apresentou na manhã desta segunda-feira (12) um balanço dos 100 primeiros dias da gestão municipal. Por causa da pandemia, o evento foi transmitido para o público pelas redes sociais da prefeitura. Ladeado pelos secretários municipais e pelos deputados Ricardo Teobaldo (federal) e Gustavo Gouveia (estadual), ele elencou uma série de ações desenvolvidas nas zonas urbana e rural.

No primeiro momento do encontro, Orlando fez uma apresentação técnica do trabalho desenvolvido pelas secretarias, ressaltando a efetiva participação dos integrantes da equipe na tomada de decisões. Ao citar o sentimento de transformação e renovação aguardado pelos limoeirenses, o prefeito falou do perfil moderno e planejado adotado pela gestão municipal para estruturar e posicionar o município nos próximos quatro anos para o futuro. 

“Temos uma cidade com muita potencialidade, porém recebemos a máquina administrativa desmontada, com algumas áreas desativadas e uma sociedade ávida por melhorias o tempo todo. E a nossa gestão tem esse papel de, neste momento, trabalhar diuturnamente planejando e enfrentando as dificuldades do presente, ou seja, apagando incêndios, mas, sobretudo, planejando a curto, médio e longo prazo uma cidade bem mais organizada e estruturada”, destacou Orlando.

Ele também reafirmou que está trabalhando para que a Prefeitura de Limoeiro possa resgatar a credibilidade de pagar em dia. “Essa é uma marca que vamos perseguir e temos que tomar medidas que sejam duras e antipáticas, mas que são necessárias, pois uma empresa pública ou privada precisa ter liquidez e processos de trabalho que não sejam calcados em cima de dívidas”, pontuou. O gestor disse ainda que manterá um governo equilibrado financeiramente, com zelo pelo dinheiro público.

Abrindo o relatório dos 100 dias de gestão, ele mostrou estudos que continuam sendo feitos para sanar os planos de previdência social existentes na prefeitura e dos esforços para garantir o pagamento em dia dos beneficiários. Nos primeiros meses do atual governo, a Receita Federal confiscou 2,145 milhões das contas da prefeitura, em decorrência da ausência de recolhimentos de anos anteriores, o que dificultou ainda mais o início do trabalho.

Sobre a Autarquia de Ensino Superior de Limoeiro, Orlando falou que o foco tem sido no resgate da credibilidade da instituição, responsável pela Faculdade de Ciências Aplicadas de Limoeiro (FACAL) e pela Faculdade de Ciências Jurídicas de Limoeiro (FACJUL). Para isso, o prefeito garantiu total autonomia à equipe gestora. Um amplo trabalho de economia nas despesas, parcelamento das mensalidades e integração entre qualidade de ensino e tecnologia, refletem na procura pelos 08 cursos disponíveis.

Com relação à Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania, ele revelou o plano de integração que vem sendo executado entre Social, Saúde e Educação para garantir a oferta das políticas públicas com eficiência às famílias, o que refletirá nos melhores indicadores para o município. Nesses primeiros três meses, os setores passaram por reestruturação física, profissional e tecnológica, garantindo a retomada e ampliação de diversos serviços sociais.

Ao falar sobre a Secretaria de Defesa Social e Trânsito, criada nos primeiros dias de gestão, o prefeito citou a valorização da área. Ele elencou as intervenções realizadas para melhorar o trânsito, além de outros estudos, a exemplo do terminal rodoviário, para melhorar o fluxo e garantir a chegada de clientes da região, fortalecendo o comércio. Ele citou ainda a conscientização dos mototaxistas sobre trânsito seguro e valorização da Guarda Municipal.

Ao abordar o trabalho da Secretaria de Cultura, Lazer e Juventude, Orlando enalteceu a criatividade na realização das festividades de forma virtual, a exemplo da Festa de São Sebastião e Carnaval. Também valorizou a execução dos projetos contemplados pela Lei Aldir Blanc, os quais contaram com o apoio do município. Ele revelou também que estará, em breve, retomando a obra do futuro Centro de Artesanato, espaço que abrigará, além de artesanato, os demais segmentos culturais.

Quando falou sobre a Secretaria de Agricultura, o chefe do executivo mencionou o amplo trabalho de aração de terra dos pequenos agricultores rurais, garantindo a preparação da terra no tempo devido. Com as recentes chuvas, o homem do campo já iniciou o plantio. Ainda na pasta, também falou sobre o plano de reorganização da feira livre, liberação das calçadas e ordenamento das vias e espaços do centro comercial que vem sendo dialogado com as partes envolvidas.

Sobre a Secretaria de Educação e Esportes, ele lembrou a dificuldade de aprendizado enfrentada pelos alunos decorrente do afastamento da sala de aula, provocado pela pandemia, porém, citou o planejamento feito para resgatar a educação das crianças, destacando parcerias estratégicas que estão sendo firmadas, entre elas, com o Instituto Padre Luís Cecchin, através da Creche Sagrada Família, no Loteamento Lagoa Azul, a qual ofertará, em breve, um espaço amplo, moderno e equipado.   

Quando o assunto foi a Secretaria de Infraestrutura, Orlando falou das dificuldades pela ausência de máquinas e reconheceu que as estradas precisam de melhorias. Porém, afirmou que a organização da patrulha permitirá uma grande ação de patrolamento. Elogiado, o trabalho de limpeza de canais e bueiros, além da desobstrução das galerias garantiram o escoamento das águas da chuva sem transtornos. A reposição de lâmpadas também tem garantido melhoria para os moradores.

Na pauta da Secretaria de Saúde, Orlando falou da reestruturação do processo informatizado que interliga a Unidade Básica de Saúde ao Ministério da Saúde. O prefeito confirmou as recontratações das clínicas e laboratórios para devolver aos limoeirenses um sistema organizado com resolutividade. Além disso, destacou a parceria apresentada à Secretaria Estadual de Saúde para instalação de mais dez leitos para Covid-19 no Hospital Regional de Limoeiro com custeio feito pela prefeitura.

Mais Investimentos - Atendendo ao convite do prefeito, o deputado federal Ricardo Teobaldo apresentou oficialmente à população um montante de R$ 26 milhões em emendas parlamentares destinadas a Limoeiro. São valores para compra de máquina motoniveladora (patrol), custeio da saúde, revitalização e urbanização da Serra do Redentor, modernização da iluminação pública em LED e central de videomonitoramento, aquisição de ônibus escolares, construção de escola e construção de creche.

Postar um comentário

0 Comentários