Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Novo aplicativo do Hapvida permite que médicos acessem exames e laudos pelo celular


“É como ter a vida do paciente na palma da mão”. É assim que Naiana Cunha, diretora corporativa de gestão médica do Hapvida, descreve o aplicativo HAPMED, um app recém-lançado voltado para médicos cirurgiões da operadora Hapvida. “A gente pode garantir que o profissional tenha acesso à vida médica do paciente de qualquer lugar em que ele estiver, seja em casa ou no consultório”, destaca.


A descrição faz jus ao aplicativo. O HAPMED foi pensado para trazer funções capazes de tornar mais próxima a relação entre médicos e pacientes. Um exemplo é a agenda cirúrgica, que mostra ao profissional todas as cirurgias marcadas, além de permitir visualizar procedimentos, exames de imagem e laudos de cada paciente; tudo isso pelo celular.


Segundo Naiana, que acompanhou o desenvolvimento do app, o HAPMED foi projetado a partir da observação de necessidades dos médicos nos centros cirúrgicos. Em parceria com a equipe da Maida.Health, a holding de tecnologia do Hapvida, foram feitas imersões dentro da realidade dos cirurgiões dos hospitais e clínicas para identificar quais funcionalidades podem melhorar o dia a dia deles e a segurança dos pacientes.


“O objetivo do aplicativo é auxiliar os médicos no planejamento e na preparação para a realização dos procedimentos cirúrgicos, disponibilizando a agenda com detalhamento das informações dos pacientes e a possibilidade da visualização dos exames”, explica. Ela acrescenta ainda que qualquer médico do sistema Hapvida é capaz de acessar o HAPMED; basta usar os logins e senhas que eles já utilizam durante o trabalho nos hospitais e clínicas.


De acordo com a diretora corporativa, o aplicativo está disponível para médicos de todas as especialidades, mas novas funcionalidades devem ser adicionadas para abranger mais procedimentos que o paciente do Hapvida pode vir a realizar. “A ideia é que a gente consiga disponibilizar toda a vida médica do paciente para os médicos do Hapvida”, finaliza.

Postar um comentário

0 Comentários