Propaganda

Últimas Notícias

Auxílio emergencial: alguns beneficiários terão que devolver em 2021; entenda



O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sancionou uma alteração na lei que instituiu o auxílio emergencial que pode obrigar uma parcela dos beneficiários a devolver parte dos valores em 2021. Isso porque agora será obrigatório declarar o benefício no Imposto de Renda (IR).

A medida é válida para quem tiver renda tributável acima dos R$ 28.559,70 neste ano e será aplicada até mesmo para dependentes. Assim, a pessoa que terminar o ano de 2020 com renda superior ao limite de isenção (sem contar a ajuda emergencial do governo) terá que pagar o IR mais o valor total do auxílio que recebeu:

O texto diz que o beneficiário fica obrigado a apresentar declaração de ajuste anual relativa ao exercício de 2021 e deverá acrescentar ao imposto devido o valor do auxílio recebido. As parcelas que os dependentes receberam também precisarão ser devolvidas caso a renda supere o limite de isenção.



De acordo com cálculos da Folha, se a tabela do IR não for atualizada, todos os que receberam os R$ 600 ao longo de 2020 e tiveram renda acima de R$ 22.847,76 serão atingidos pela medida. No entanto, há uma discussão se a norma será válida para a primeira parcela.

Isso porque a alteração foi sancionada pelo presidente em 15 de maio, ou seja, após o recebimento. Além disso, especialistas em direito tributário também afirmam que o texto é ruim. Para muitos, o governo até pode cobrar Imposto de Renda sobre o valor do auxílio, mas não pedir a devolução integral junto com a declaração do IR.

Se houvesse a tributação pelo Imposto de Renda, eu entenderia, porque o auxílio entrega às pessoas um poder de compra. Agora, obrigar a devolução desse valor na declaração de IR é uma situação que soa absurda. Transforma o auxílio praticamente num empréstimo, disse Gabriel Quintanilha ao Uol Notícias.


Por enquanto, o Ministério da Economia não comentou o assunto. Mesmo assim, o relator do texto no Senado, Esperidião Amin (PP-SC), afirma que o governo descumpriu um acordo e sancionou apenas a parte que lhe interessa. Isso acaba prejudicando quem conseguir se recuperar ao longo de 2020.


Tudo Celular

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.