Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Pernambuco tem primeira cura clínica, confirma 31 casos e decreta estado de calamidade pública


. Chegou a 31 o número de casos confirmados do novo coronavírus, em Pernambuco. Segundo o boletim divulgado nesta sexta (20), houve a primeira cura clínica de paciente diagnosticada com a Covid-19, doença causada pelo vírus. O governo também decretou estado de calamidade pública. O caso de cura é o de uma idosa de 66 anos. Ela e o marido, de 71 anos, tiveram os dois primeiros testes confirmados no estado. "A mulher com cura clínica está internada, mas já tem condições de alta. O esposo dela e os outros oito pacientes estão internados. Três estão na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas estão todos estáveis”, declarou o secretário de Saúde do estado, André Longo. O chefe do setor de infectologia do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (Huoc), no Recife, Demétrius Montenegro, celebrou a cura clínica da paciente e disse que, na maioria dos casos, os pacientes têm registrado boa resposta ao tratamento. 

 “Apesar de ter passado um período na UTI, a mulher não se encontrava em situação de gravidade, foi muito mais para vigilância. Ela desenvolveu uma infecção, que é esperado que aconteça, foi tratada e está em condições clínicas de alta hospitalar", disse. De acordo com o secretário André Longo, há, ao todo, 529 notificações, sendo que 289 ainda estão em investigação. “Dos três novos casos confirmados, são dois do Recife e um de Jaboatão dos Guararapes. Por causa disso, são necessárias as medidas restritivas, de isolamento social. Mais medidas Ainda segundo o estado, outra medida restritiva anunciada pelo governo, com validade a partir da segunda-feira (23), é a paralisação de transporte intermunicipal de passageiros. De acordo com o secretário de Desenvolvimento Urbano e Habitação, Marcelo Bruto, esta ação passa passa a valer à 0h. 

Ele disse que, em relação a dias normais, houve diminuição de 45% no número de passageiros do sistema de transporte do Grande Recife. Esse serviço continua funcionando normalmente. "Isso não abrange o sistema do Grande Recife, mas apenas o transporte intermunicipal, entre a Região Metropolitana e outras cidades. Há duas exceções, que são o fretamento estritamente para atividades permitidas nas regras de isolamento social já existentes, e serviço complementar, quando autorizado pela autoridade municipal", disse Bruto. Além disso, três expedientes foram encaminhados, pelo governo, para votação dos deputados da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

G1

https://www.google.com/search?hl=pt-BR&ie=UTF-8&source=android-browser&q=Pernambuco+primeiro+caso+de+vura

Postar um comentário

0 Comentários