Propaganda

Últimas Notícias

Sintomas de Gases intestinais e estomacais




Os sintomas de gases intestinais ou estomacais são relativamente frequentes e incluem a sensação de barriga inchada, ligeiro desconforto abdominal e arrotos constantes, por exemplo. Normalmente estes sintomas surgem após uma refeição muito grande ou quando se falou muito enquanto se comia, devido à deglutição de ar, melhorando facilmente após a eliminação dos gases, seja através da liberação intestinal ou na forma de arrotos.

No entanto, também existem casos em que esses gases não conseguem ser facilmente eliminados, o que acontece especialmente em pessoas com prisão de ventre. Nessas situações, os sintomas podem ser mais intensos e até levar a pessoa a suspeitar de problemas graves, como alterações cardíacas ou até um infarto, já que é comum o surgimento de uma dor na região do peito.
Sintomas de Gases intestinais e estomacais
Como saber se são gases

Dependendo do local onde os gases estão se acumulando, os sintomas podem ser diferentes:

1. Gases estomacais

Quando se acumulam no estômago, os gases podem causar:

  •     Sensação de estômago inchado;
  •     Arrotos frequentes;
  •     Perda do apetite;
  •     Queimação na garganta;
  •     Fisgada no peito;
  •     Sensação de falta de ar.

É possível diminuir os gases no estômago evitando mascar chiclete e comendo devagar e evitar falar durante a refeição para não entrar ar no tubo digestivo durante a alimentação.

2. Gases intestinais

Já os sintomas que podem indicar a presença de gases no intestino geralmente são:

  •     Dor abdominal intensa, por vezes em forma de pontada;
  •     Inchaço abdominal;
  •     Barriga dura;
  •     Flatulência;
  •     Prisão de ventre;
  •     Cólica intestinal.

Estes sintomas podem variar de intensidade de acordo com a sensibilidade de cada pessoa e com a quantidade de gases presentes no sistema digestivo.
O que causa excesso de gases

A presença de gases no estômago geralmente acontece pela ingestão de ar junto com a comida, e isso, é mais frequente quando se fala muito durante a refeição ou quando se bebe bebidas gaseificadas, como refrigerante ou água com gás.

Já o acúmulo de gases no intestino normalmente está relacionado com a existência de um padrão de funcionamento intestinal de prisão de ventre ou consumo excessivo de alimentos que facilitam a formação de gases no intestino grosso. Alguns desses alimentos incluem ovo, couve-flor, alho, cebola e ervilha. Adoçantes como sorbitol, frutose e excesso de vitamina C também causam gases em certas pessoas.

Confira uma lista mais completa de alimentos que causam gases.
Como acabar com os gases

Algumas formas de tratamentos caseiros para evitar a formação em excesso dos gases são:

  •     Tomar uma xícara de chá de funcho ou de hortelã após as refeições;
  •     Fazer uma caminhada de 20-30 minutos após o almoço ou jantar;
  •     Ter uma dieta equilibrada, ingerindo diariamente alimentos ricos em fibras e bebendo bastante água;
  •     Evitar refrigerantes e outras bebidas com gás junto às refeições;
  •     Evitar o excesso de alimentos ricos em carboidratos como macarronada, lasanha e fondue;
  •     Evitar o excesso de leite e de seus derivados e também os pratos de carne preparados com leite como estrogonofe, por exemplo.
Tua Saúde
https://www.tuasaude.com/sintomas-de-gases/

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.