Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

NASA encontra “super Terra” com o potencial de abrigar água líquida


O satélite TESS (Transiting Exoplanet Survey Satellite) encontrou um novo planeta que tem o potencial de ser semelhante à Terra. Batizado de GJ 357 d, o planeta é 22% maior do que a Terra. Ele orbita a estrela GJ 357, que tem um terço da massa solar e é 40% mais fria do que nossa estrela. Está a 31 anos-luz de distância, na constelação de Hydra. Segundo Diana Kossakowski, do Instituto de Astronomia Max Planck, o GJ 357 d tem seis vezes a massa da Terra está localizado na borda da “zona habitável” de sua estrela, que é a área onde o planeta recebe a mesma quantidade de energia da sua estrela do que Marte recebe do Sol. Segundo a equipe internacional de astrônomos liderada por Lisa Kaltenegger, da Universidade de Cornell, esse planeta é um primeiro potencialmente habitável, fora do nosso Sistema Solar, descoberto pelo TESS. 

“Se o planeta tiver uma atmosfera densa, o que futuros estudos irão determinar, ele poderia armazenar calor suficiente para aquecer o planeta e conter água líquida em sua superfície”, diz a cientista. Segundo Lisa Kaltenegger, os cientistas podem tentar captar sinais de vida com telescópios que estarão online em breve. Mas, se for descoberto que o GJ 357 d não tem uma atmosfera, isso significa que ele deve ter uma temperatura de (-53o C), o que o faria mais glacial do que habitável. Outro planeta encontrado orbitando a estrela, o GJ 357 b, é descrito por Enric Pallé, astrofísico no Instituto de Astrofísica das Ilhas Canárias, como uma “Terra quente”.

App Google Notícias

Postar um comentário

0 Comentários