Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Em Limoeiro partida da seletiva dos jogos escolares termina em tumulto e pancadaria




Uma partida de futsal realizada na quadra da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), no município de Limoeiro, acabou em desentendimento, tumulto generalizado e pancadaria. O fato aconteceu na manhã última quarta-feira (8) durante a fase seletiva para os Jogos Escolares de Pernambuco. Tudo começou num lance mais acirrado do jogo – disputado pelas escolas Cônego Fernando Passos e Seráfico Ricardo.

Os atletas levantaram e trocaram empurrões. Em seguida, torcedores que estavam nas arquibancadas pularam a grade de proteção, invadiram a quadra de jogo e começaram as agressões mútuas. Tudo foi filmado e compartilhado nas redes sociais. Nas imagens é possível ver alunos correndo para se proteger das agressões e os árbitros tentando amenizar o clima. A Guarda Municipal (GM) agiu e conseguiu evitar a sequência das agressões.

O clima tenso seguiu durante alguns minutos na área coberta do clube e grande parte dos torcedores deixou as arquibancadas. Em nota, a prefeitura de Limoeiro, por meio da Secretaria Executiva de Esportes (responsável pela competição), se manifestou e confirmou que os alunos-atletas envolvidos na briga foram punidos. Confira a nota na íntegra:

“A Secretaria Executiva de Esportes vem a público se pronunciar sobre o fato ocorrido nesta quarta-feira (8), na quadra da AABB, onde tivemos agressões entre os atletas das equipes de Futsal Infantil das Escolas Seráfico Ricardo e Cônego Fernando Passos. Com isso, infelizmente, houve a invasão da quadra de jogo por alguns torcedores não-identificados, gerando tumulto e agressões entre os mesmos.

A Comissão Disciplinar da Fase Seletiva de Limoeiro, dos 60° Jogos Escolares de Pernambuco, em reunião nesta tarde, decidiu por aplicar o artigo 101 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva Escolar, que diz o seguinte: Art. 101 – Praticar agressão física. Pena: Suspensão pelo prazo de 4 (quatro) a 24 (vinte e quatro) meses.

Constatado isso, os alunos-atletas citados no ocorrido serão punidos por 12 (doze) meses nas competições que este regulamento estiver sendo aplicado. A Comissão Disciplinar também informa que, após a invasão de torcedores não-identificados à quadra, a organização e os Guardas Municipais presentes conseguiram conter o tumulto, garantindo a continuidade do evento sem outros problemas".

Em contato telefônico com a reportagem do Blog do Agreste, o secretário executivo de Esportes, professor Bruno Ribeiro, adiantou que mais medidas de segurança estão sendo tomadas. Ele disse ainda que buscará o Conselho Tutelar e o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para que, de forma coletiva, ações sejam acordadas e adotadas, visando a segurança e a integridade física de atletas, professores, equipe técnica, organização, familiares e torcedores. Os jogos escolares do município estão programados para o segundo semestre.



Blog do Agreste



Postar um comentário

0 Comentários