Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Domingo de muita folia em Limoeiro com o Bloco do Zé


Por mais um ano o Bloco do Zé foi a pedida dos que ainda buscavam a folia do carnaval. O bloco aconteceu neste domingo (17) e arrastou consigo uma verdadeira multidão. A rua 18 da Cohab Nova ficou tomada de foliões que vieram prestigiar de perto o maior bloco de rua do interior de Pernambuco. Quem abriu o evento foi o cantor Limoeirense Alex Miller, que levou para a massa o melhor do Axé e da Swingueira . Uma orquestra de frevo agitou geral a todos tocando aquele frevo que todo pernambucano respeita. 

A Swing é Massa deu continuidade a Swingueira que já chegou pra ficar. Eles tocaram no bom e velho estilo carnaval de Salvador, fazendo o pancadão roloar solto. Márcia Adriana e o carnaval da Marcinha chegou chegando e agradou a todos com um repertório sem igual. Jonathan Chocolate também animou a massa e não deixou ninguém ficar parado. A trupe do Asas da América continuou a festa arrastando a multidão pelas ruas de Limoeiro junto com Jonathas Chocolate e Márcia Adriana. 

Foram 3 trios elétricos agitando geral a festa e em um deles George animava os foliões, afinal o homenageado tem mais é que cair no passo e curtir a festa em sua homenagem. . Uma multidão esperava o bloco nas imediações da Ponte Nova que ficou lotada quando juntou todo mundo. A organização e a segurança foi um dos pilares deste evento que este ano homenageou o ator George Pestana pelos seus 30 anos de carreira.  George veio ao bloco vestido a caráter, trazendo consigo o consagrado e inesquecível Palhaço Xililique, personagem que o consagrou nestes 40 anos de carreira. Além de comemorar a homenagem, George também festejou seu aniversário.

Zé Nilton o grande homenageado da festa falou a seus amigos e foliões, ressaltando a imensa satisfação que ele tem em fazer este bloco, afinal a festa é dele, mas o presente é para toda Limoeiro. O  ex-deputado estadual Henrique Queiroz também se fez presente no bloco que ele ajuda diretamente há vários anos. A estrutura foi digna de um bloco gigante como este e quem veio se divertiu bastante e apreciou tudo na paz e na alegria. Nos intervalos Joãozinho dos Paredões agitou a galera e agradou em cheio. Como um bom carnaval exige, não faltou bonecos gigantes, ala-ursa, e outras brincadeiras típicas do carnaval de Pernambuco. 

As atrações que se apresentaram receberam o cachê na hora, ou seja, terminou de cantar recebeu. Com esta ação o bloco mostra que dá pra fazer uma grande festa sem ficar devendo aos artistas que em outras festas demoram a receber. Foi graça as rifas, camisas, bonés vendidos e a ajuda de todos que o bloco saiu por mais um ano e levou alegria a todos sem descrição de raça, religião ou cor de pele. Muitas pessoas já contam os meses, dias e horas para o início do Bloco do Zé. 

Os internautas subiram a hashtag #vemprogigante e com ela demonstraram o quão grandioso se tornou este bloco para Limoeiro. No ensejo do bloco, Zé Nilton recebeu os parabéns pela passagem de seu aniversário. A festa teve sua culminância na Avenida Severino Pinheiro, onde lá se misturou os paredões de som e os três trios elétricos. Esse presente de 2019 ficou na história de Limoeiro e a cada ano que passa o Bloco do Zé se firma como o bloco que encerra o carnal de Pernambuco. Ano que vem tem mais e com certeza os Limoeirenses e os visitantes irão se divertir bastante.

No ensejo da festividade se fizeram presentes o ex-deputado estadual, Henrique Queiroz (já citado na matéria), o Deputado Federal, Ricardo Teobaldo, alguns empresários de Limoeiro, alguns blogueiros, radialistas e demais lideranças políticas da região da mata norte e do agreste do estado. Para quem pleiteia algo em 2020 o bloco do Zé foi a vitrine, afinal estar ao lado do povo garante aquela boa lembrança na cabeça do eleitor.














Postar um comentário

0 Comentários