Propaganda

Últimas Notícias

O Centro de Criação Galpão das Artes com o pé na estrada



Cumprindo o itinerário das cidades de Recife, Carpina, Surubim, Serra Talhada, Triunfo, João Alfredo, Taperoá (PB), Sanharó , Olinda,Gravatá e São Benedito do Sul a peça teatral ” O Peru do Cão Coxo”, montagem do Centro de Criação Galpão das Artes, de Limoeiro, continua na estrada com a comédia assinada por Ariano Suassuna, e ambientada no Sertão de Taperoá, terra do escritor.

No primeiro contato com o público no final do ano passado  (pré-estreia em Recife), a montagem teatral recebeu a apreciação dos familiares do escritor, através da esposa, filhas, sobrinha, netos e bisnetos. Na trama escrita pelo Mestre Suassuna, a preguiça é descortinada em um picadeiro de intrigas no Sertão de Taperoá, quando um poeta e sua esposa são alvo de uma dupla de trapaceiros. No elenco, estão Jadenilson Gomes, Charlon Cabral, Lucas Dias, Gaby Salles, Wíris Costa, Allan Victor, Dvson Alves e Thiago Freitas. A direção de arte conta com as mãos de Thiago Freitas, enquanto o figurino, rico em retalhos, passaram pelo zelo e capricho dos costureiros Sivaldo Moura e Wellington Pereira . 

Sinopse- O espetáculo descortina a preguiça em um picadeiro de intrigas no sertão de Taperoá. Na farsa, o poeta Joaquim Simão  e  Nevinha,  sua  esposa,  são alvos dos trapaceiros Aderaldo Catacão  e  Clarabela, sem esquecer ainda a algoz Andreza.  A pseudo intelectual, Clarabela, tem  um disfarçado  interesse  pela  poesia  de  Joaquim Simão  e  por  este  um escrachado desejo amoroso,  da  mesma  forma  que Aderaldo  investe também um escancarado caso amoroso por Nevinha. Sem sucesso nas investidas do coração, o ganancioso casal de ricos acaba por ser ludibriado pela dupla formada por Cão Coxo e Cão Caolho que perde tudo que possui, inclusive o danado do peru.

Além da pré-estreia na capital pernambucana, o espetáculo cumpriu uma temporada de três finais de semana em Limoeiro e retornou a Recife para cumprir mais uma apresentação, sendo esta no 19º Festival Recife do Teatro Nacional, no COMPAZ Escritor Ariano Suassuna. Na criação do cenário e direção do espetáculo, Charlon Cabral (arte educador) mais uma vez voltou à cena.

Serviço: Dia 19 de setembro (quarta-feira) às 18 horas, na Praça da Matriz, no centro da cidade de Poção e o acesso é gratuito. A promoção é do TEATRO SESC Pernambuco na programação do Festival de Juventude, Cultura e Gastronomia de Poção. Maiores informações com Fábio André (81) 9.9739.6207


Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.