Ultimas Notícias

8/recent/ticker-posts

Header Ads Widget

Colegas de trabalho, personalidades e fãs se despedem de Graça Araújo



Na tarde deste domingo, ouvintes, personalidades, políticos, familiares e muitos amigos se reúnem no Cemitério Morada da Paz, no Paulista, para se despedir e celebrar o legado deixado pela jornalista e apresentadora Graça Araújo, que faleceu nesse sábado (8), em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral. Maciel Júnior, que trabalhou na Rádio Jornal com Graça Araújo por 17 anos, lembra da parceria que eles tinham. "Quando eu passava o programa pra ela sem dar um beijo, ela perguntava se eu estava com raiva", diz. Maciel apresenta o programa O assunto É segundo tempo,  que vai ao ar antes do Rádio Livre, de segunda à sexta. 

Não há intervalo entre eles. A dança das cadeiras acontecia diariamente e sempre de forma galante. "Eu sempre dizia que ela estava cheirosa, que ela era a diva do Rádio, a Rainha das tardes. Tanto que chamou a atenção de um empresário e ele resolveu patrocinar", diz. Seu corpo foi cremado no Cemitério Morada da Paz, onde recebeu muitos amigos e fãs. A apresentadora tinha o desejo de ser doadora de órgãos, mas, diante das complicações que teve, não pode realizar esse desejo. No velório que foi aberto ao público em geral os parentes e admiradores da apresentadora não contiveram a emoção e nem pouparam elogios a jornalista. Uma perca incalculável para o jornalismo de Pernambuco, disse Joaquim José ao relembrar de Graça.

Adaptado do site da Rádio Jornal

Postar um comentário

0 Comentários