Últimas Notícias

Vereador querendo ser "pai" de obra gera ciumeira em Limoeiro



Tem sido cada vez mais comum a presença de vereadores da base aliada nas obras e ações da prefeitura de Limoeiro. Não para fiscalizar a qualidade do serviço ou informar a população o valor gasto, mas para fotografar e lançar nas redes sociais. Em algumas postagens fica a dúvida de quem realmente atendeu a demanda. A “moda” está gerando ciumeira nos corredores da gestão municipal. Um aliado soltou para a nossa reportagem que alguns vereadores aparecem mais do que o prefeito, ou seja, “um faz a força e outro a careta”, ditou popularmente. “Tem vereador mandando mais do que o secretário ou diretor. Isso não pode acontecer”, alertou.

Outro mal estar tem sido registrado nos corredores da Câmara Municipal de Limoeiro. Tem parlamentar querendo estabelecer limites de atuação do colega, uma espécie de domínio de região. Um vereador nos confidenciou que visitou uma comunidade e ao colocar nas redes sociais sentiu a insatisfação do par. “Quando somos eleitos, somos vereadores de Limoeiro e não desse ou aquele bairro”, comentou o vereador. “Vou continuar fazendo o meu trabalho e indo onde acho que devo ir ou sou convidado. Tem gente que fala em nova política, mas a prática é antiga”, pontuou.



Blog do Agreste


http://blogdoagreste.blogspot.com.br/2017/11/vereador-querendo-ser-pai-de-obra-gera.html

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.