Propaganda

Últimas Notícias

Novaes faz apelo sobre o não pagamento de projetos de irrigação no Sertão



O deputado Rodrigo Novaes (PSD) fez um apelo, na última segunda (09/10), sobre a situação dos agricultores do Projeto Fulgêncio, em Orocó, que estão sem energia na localidade. A interrupção no fornecimento se deu pelo não pagamento R$ 6 mi que a Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) deve a Companhia Energética de Pernambuco (Celpe). De acordo com o parlamentar, houve uma mobilização dos agricultores na subestação da Celpe no município para que a energia fosse restabelecida. “Os produtores rurais religaram a subestação com as próprias mãos para que o projeto não parasse. Cortar a energia significa cortar a água de todo o povo que vive na zona rural. É um transtorno, uma situação realmente lamentável”, relatou.

Novaes afirmou que o poder público federal não está cumprindo com sua obrigação. “Essa situação não pode ficar assim. Já não bastam todos os desafios que passa o povo sertanejo? Vamos chamar a bancada federal e os ministros pernambucanos para pressionar a Codevasf e o Ministério da Integração para realizar este pagamento”, ressaltou o vice-líder do governo. Ainda no seu pronunciamento, o deputado falou do problema da Agência do Banco do Brasil, em Orocó, que continua fechada mesmo após a reforma. “A economia fica comprometida porque o dinheiro não circula na cidade. A população sai cedo para retirar o salário em agências de cidades vizinhas e lá mesmo realizam suas compras”, contou. Ele irá propor uma audiência pública na Comissão de Justiça e Cidadania para debater caso das agências das cidades do interior que ainda estão com os serviços paralisados. 

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.