Últimas Notícias

Estudo realizado no Facebook e Twitter indica preocupações dos brasileiros após a deflagração da Operação Carne Fraca



A Le Fil, consultoria em negócios no ambiente digital, realizou, no período de 13 de março a 11 de abril, com usuários do Facebook e Twitter, um estudo sobre a Operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal no mês de março deste ano. As 900 menções analisadas mostraram que, apesar da repercussão internacional, a população demonstra maior interesse em saber sobre o consumo da carne no País do que sobre os impactos da operação para o setor e economia brasileira. Entre as citações analisadas, as principais preocupações destacadas pelos internautas foram: a qualidade da carne (19%), acompanhamento da operação (11%) e a identificação das empresas que estão suspendendo a venda do produto (11%). Na realidade, apenas 7% das menções estudadas apontaram interesse pela queda na exportação.

A corrupção aparece como principal responsável pelas ilegalidades apontadas pela operação. Entre as citações estudadas, 64% destacaram a corrupção como culpada pelas ações ilícitas constatadas pela PF, 10% responsabilizaram as empresas; 9%, a mídia; 7%, a má fiscalização do governo; 3%, os supermercados; 3 %, o consumidor; 2%, a Polícia Federal, e 2%, os funcionários das empresas. O estudo indica ainda que as marcas mais citadas nas menções estudadas foram Friboi (28%), JBS (19%), BRF (11%), Seara (10%) e Perdigão (6%). O ranking ainda segue com Peccin (6%), Sadia (5%), Swift (3%), 2% Frigorífico Souza Ramos (2%), Central de Carnes PA (2%), Qualy (2%), Matuaratta (2%), Doriana (2%), Novilho Nobre (2%),  Massa Leve (1%), Frigosantos (1%).


As citações trazem também as soluções propostas para a solução dos problemas no consumo de carne no País. Mais de 60% dos consumidores discutiram o vegetarianismo como uma opção para substituir a proteína animal. Mesmo assim, eles ponderam que o uso de agrotóxicos também pode ser um ponto de atenção para o público adepto da prática. Já 15% dos consumidores esperam que os supermercados realizem promoções na venda de carnes. O estudo completo pode ser acessado pelo http://www.lefil.com.br/estudos .


Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.