Propaganda

Últimas Notícias

Limoeiro com três pré candidatos a prefeito; Nomes já circulam nas Redes Sociais



Ao que tudo indica, a Princesa do Capibaribe poderá mesmo ter três candidaturas a prefeito, assim como aconteceu em 2012. O atual prefeito Thiago Cavalcanti (PTB), o ex-vereador Joãozinho (PSB) e o vereador Zé Nilton (PR) deverão mesmo pleitear a cadeira no Palácio Francisco Heráclio do Rêgo. As movimentações já dão como certas tais candidaturas, mas evidente que em política, tudo pode acontecer, inclusive nada. Thiago, que é o atual prefeito, já conta com apoio de partidos como PTB, PTN, PSD, PSDB, além de outros que ainda estão bem perto de fechar acordo com o atual gestor. O deputado federal Ricardo Teobaldo (PTN) e o deputado estadual José Humberto (PTB) também têm buscado apoios para que Thiago possa se fortalecer na disputa. Uma fonte ligada ao PT também confidenciou que esse deverá ser o caminho natural da legenda que atualmente governa o País, em apoiar a candidatura de Thiago. Thiago tem 32 anos e é filho do ex-prefeito José Artur Teobaldo (1983/1989 - 1993/1997). Foi eleito vereador em 2008, e em 2012, foi eleito o vice-prefeito na chapa de Ricardo Teobaldo, mas este renunciou em 2014 para ser candidato a deputado federal - cargo que exerce atualmente - e atualmente Thiago comanda os destinos da Princesa do Capibaribe.

A candidatura de João Luís Ferreira Filho (Joãozinho, PSB), ao que tudo indica, mesmo, é prego batido e ponta virada. Principal nome da oposição limoeirense, o ex-vereador mostrou sua força na noite desta terça (12), durante a realização da Agenda 40, trazendo para seu partido os vereadores Zé de Nena e Luiz do Matadouro, tendo estes sido eleitos na base do ex-prefeito Ricardo Teobaldo. Até o momento, oito partidos marcharão com a candidatura do Joãozinho: PSB, DEM, PP, PROS, PMDB, PV, PSL e PHS. Representantes máximos desses partidos na cidade estavam no encontro de ontem. Joãozinho tem 52 anos, e foi eleito vereador pela primeira vez em 2004, sendo reeleito em 2008. Foi presidente da Câmara Municipal entre 2009 e 2010. Eleito em 2008 na base de Ricardo Teobaldo, Joãozinho discordou dos rumos que o governo municipal tomara e desde então lhe faz uma oposição consistente, tendo sido inclusive o candidato oposicionista em 2012, tendo obtido pouco mais de 13 mil votos. Joãozinho atualmente exerce função na Casa Civil do Governo Paulo Câmara.


Mas se depender do deputado estadual Henrique Queiroz (PR), o vereador Zé Nilton (PR) também vai para a guerra. Zé Nilton é o menos rejeitado entre os três candidatos. Tem ao seu lado os partidos PR, SDD e PRP. Em postagem no face, o deputado defende Zé Nilton como candidato a prefeito de Limoeiro em 2016. Zé Nilton tem 49 anos e é vereador em seu quarto mandato. Perdeu em 1996, mas foi eleito em 2000, 2004, 2008 e 2012. Foi eleito também no palanque de Ricardo Teobaldo, mas por divergências, desligou-se deste e montou um grupo bastante sólido. Organizador de eventos de sucesso como o Bloco do Zé, que sai no período pós-Carnaval, Zé Nilton tem tido seu nome ventilado para vice tanto de Thiago como de Joãozinho, mas ao que tudo indica, ele vai mesmo marchar com candidatura própria. Um detalhe curioso é que os três exerceram o mandato de vereador juntos entre 2009 e 2012 e os três apoiaram em 2008 a candidatura de Ricardo Teobaldo. Agora, eles poderão medir forças no pleito eleitoral deste ano. Até as convenções muitas coisas podem acontecer. Mas o cenário momentâneo é este. Mas sabemos bem que política é muito, mas muito dinâmica. 

Via Limoeiro News em: http://bloglimoeironews.blogspot.com.br/2016/04/limoeiro-caminha-para-tres-candidaturas.html

Nenhum comentário

Para comentar neste Blog você deve ter consciência de seus atos, pois tudo que aqui é postado fica registrado em nossos registros. Tenha em mente que seu respeito começa quando você respeita o próximo. Lembre-se que ao entrar aqui você estará em um ambiente bem descontraído e por isso contribua para que ele sempre fique assim. Não esqueça que os comentários são moderados e só iram ao ar depois de uma analise e se passarem por ela iremos publicar, caso não ele será deletado. Para os novos comentários via Disqus ou Facebook a moderação não se faz necesária, já que o nome do usuário fica salvo nos comentários.
Obrigado pela visita e volte sempre.